8 jogadores que se aposentaram e logo depois viraram técnicos

Antonio Mota
Com Rooney e outros craques: veja 5 jogadores que se aposentaram e logo depois viraram técnicos.
Com Rooney e outros craques: veja 5 jogadores que se aposentaram e logo depois viraram técnicos. / James Williamson - AMA/Getty Images
facebooktwitterreddit

Após meses e mais meses em dupla função (jogador e auxiliar-técnico), Wayne Rooney pendurou as chuteiras e agora é oficialmente apenas técnico do modesto Derby County, da Inglaterra. Aposentado, o ídolo do Manchester United e da Seleção Inglesa entra para o grupo de atletas que se aposentaram e logo viraram técnicos. Confira 8 exemplos na lista abaixo.

1. Vincent Kompany

Grande destaque da Seleção Belga e do Man. City nos últimos anos, Kompany é treinador do Anderlecht.
Grande destaque da Seleção Belga e do Man. City nos últimos anos, Kompany é treinador do Anderlecht. / BSR Agency/Getty Images

Uma das maiores personalidades da história do Manchester City e da Seleção Belga, o ex-zagueiro Kompany também viveu um período em dupla função. Após sair da Inglaterra, o medalhão foi para o Anderlecht, da Bélgica, e assinou para ser jogador-treinador. Aposentado, em 2020, ele assumiu a área técnica do clube.

2. Wayne Rooney

Ídolo do Manchester United, Rooney se aposentou e agora é treinador do Derby County.
Ídolo do Manchester United, Rooney se aposentou e agora é treinador do Derby County. / George Wood/Getty Images

Ícone do Manchester United e grande ídolo da Seleção da Inglaterra, o agora ex-atacante Rooney anunciou sua aposentadoria e agora é apenas treinador do Derby County. Ele foi anunciado oficialmente na última sexta-feira (15) e assinou um contrato até o final da temporada 2022/23.

3. Renato Portaluppi

Renato Portaluppi pendurou as chuteiras e pouco tempo depois virou treinador.
Renato Portaluppi pendurou as chuteiras e pouco tempo depois virou treinador. / Alexandre Schneider/Getty Images

Grande ídolo do Grêmio e do Fluminense, o polêmico Renato Portaluppi se aposentou em 1999 após curta passagem pelo Bangu e pouco tempo depois assumir o comando do Madureira. O resto é história e títulos...

4. Clarence Seedorf

Grande atleta, Seedorf segue tentando se firmar como treinador.
Grande atleta, Seedorf segue tentando se firmar como treinador. / Soccrates Images/Getty Images

Um dos maiores jogadores da história da Holanda, o ex-meio-campista Clarence Seedorf, que atuou por Ajax, Real Madrid e outros clubes, se aposentou no Botafogo, em janeiro de 2014, e no mesmo mês foi anunciado como novo treinador do Milan.

5. Nicolas Anelka

Nicolas Anelka trabalha na base do Lille, da França.
Nicolas Anelka trabalha na base do Lille, da França. / Sylvain Lefevre/Getty Images

Outro que também atuou como jogador-técnico foi o ex-atacante Nicolas Anelka. Após sair das quatro linhas, o ex-goleador logo se posicionou na beira do campo. Hoje, ele trabalha nas categorias de base do Lille, da França.

6. Steven Gerrard

Grande craque de tempos atrás, Gerrard inicia sua jornada fora dos gramados.
Grande craque de tempos atrás, Gerrard inicia sua jornada fora dos gramados. / Ian MacNicol/Getty Images

Ídolo máximo do Liverpool, o ex-meio-campista Gerrard se aposentou em 2017 após passagem pelo LA Galaxy, dos Estados Unidos, e no mesmo ano começou a se preparar para ser treinador. Atualmente, ele comanda o Rangers, da Escócia.

7. Frank Lampard

Após momentos de badalação, Frank Lampard vive um momento delicado no Chelsea.
Após momentos de badalação, Frank Lampard vive um momento delicado no Chelsea. / Marc Atkins/Getty Images

Um dos grandes meio-campistas do século e ídolo do Chelsea, o inglês Lampard se aposentou em 2017 e quase de imediato começou os trabalhos para ser treinador. Hoje, ele é o comandante dos Blues depois de treinar o Derby County.

8. Gennaro Gattuso

Gattuso faz um bom trabalho na Napoli.
Gattuso faz um bom trabalho na Napoli. / Francesco Pecoraro/Getty Images

Grande figura do Milan e da Seleção da Itália, o ex-atleta Gattuso também teve um período em dupla função. Ele foi jogador-treinador do Sion, da Suíça, na temporada 2012/13. Depois, já focado na vida de técnico, o italiano teve várias experiências e hoje é o chefe da Napoli.

facebooktwitterreddit