8 jogadores que nasceram no Brasil, mas se destacaram por outras seleções

Lucas Humberto
Jorginho, Marcos Senna, Pepe e mais: confira oito jogadores que nasceram no Brasil, mas se destacaram por outras seleções.
Jorginho, Marcos Senna, Pepe e mais: confira oito jogadores que nasceram no Brasil, mas se destacaram por outras seleções. / Claudio Villa/Getty Images
facebooktwitterreddit

Em meios aos grandes torneios que envolvem seleções - Copa América, Eurocopa e Jogos Olímpicos -, é comum se deparar com jogadores de destaque nascidos do Brasil, mas que optaram por defender as cores de outro time nacional. Abaixo, relembramos oito destes jogadores. Acompanhe.

8. Francileudo Santos

Francileudo Santos Tunísia
Jogador praticamente não atuou no futebol brasileiro / JEAN-CHRISTOPHE VERHAEGEN/Getty Images

Nascido em Zé Doca, do Maranhão, o atacante revelado no Sampaio Corrêa praticamente nunca jogou no Brasil. Nos torneios de seleção, atuou pela Tunísia, onde marcou 22 gols e ainda participou de três edições da Copa da África (2004, 2006 e 2008); Copa das Confederações (2005); além do Mundial de 2006.

7. Diego Costa

Diego Costa Espanha Copa do Mundo
Diego Costa em ação pela seleção espanhola / Ian MacNicol/Getty Images

Diego Costa é outro jogador que ficou pouquíssimo tempo em solo nacional. Revelado no Barcelona Esporte Clube, do Rio de Janeiro, o centroavante logo partiu para o Velho Continente e nunca mais retornou. Ele fez alguns amistosos com a Amarelinha, mas nunca recebeu uma convocação oficial. Diante do cenário, preferiu representar a seleção espanhola, onde atuou em duas Copa do Mundo.

6. Sinha

Sinha Liga MX México
Sinha fez história na Liga MX / Alex Livesey/Getty Images

Natural de Itajá, Antônio Naelson Matias, mais conhecido como Sinha, não apenas se destacou pelo time nacional mexicano, como se tornou capitão da equipe. Cria do América-MG, o meia-atacante construiu grande parte da sua carreira na Liga MX. Ele participou dos Jogos Olímpicos de 2004, da Copa das Confederações de 2005 e da Copa do Mundo de 2006.

5. Eduardo da Silva

Eduardo da Silva Dinamo Zagreb Croácia Flamengo
Jogador é ídolo no Dinamo Zagreb / Chung Sung-Jun/Getty Images

Ele nasceu no Rio de Janeiro, mas conquistou o mundo do futebol na Croácia. Ídolo do Dinamo Zagreb, Eduardo marcou presença em 61 jogos do time nacional croata, onde contribuiu com 28 gols. Nos últimos anos, retornou ao Brasil para representar Flamengo e Athletico-PR.

4. Marcos Senna

Marcos Senna, Xabier Alonso Euro 2008 Espanha
Marcos Senna foi uma dos grandes destaques da Euro 2008 / Jasper Juinen/Getty Images

La Roja deve agradecer muito ao fato de Marcos Senna ter se naturalizado espanhol. O meio-campista paulista foi absolutamente fundamental para o time nacional em diversas ocasiões. Campeão da Euro 2008, o brasileiro recebeu destaque absoluto naquele torneio de seleções.

3. Deco

Deco Fluminense Barcelona Chelsea Portugal
Deco marcou uma geração de torcedores da seleção lusa / Clive Mason/Getty Images

Ninguém é chamado de Mago à toa, certo? Nascido em São Paulo, o meia-atacante é um dos nomes mais conhecidos desta lista, afinal, defendeu as cores de Barcelona, Chelsea, Fluminense, entre outros. Pela seleção lusa, disputou 75 jogos e participou diretamente de 23 gols (cinco tentos + 18 assistências). Unânime!

2. Pepe

Pepe Real Madrid Porto Eurocopa Portugal
Zagueiro em ação na Euro 2020 / Quality Sport Images/Getty Images

Presente na Euro 2020 e campeão do torneio em 2016, Pepe é natural de Maceió, mas decidiu se naturalizar português. Depois de fazer história no Real Madrid, o zagueiro está brilhando no Porto. Gostaria dele na seleção brasileira?

1. Jorginho

Jorginho Champions League Eurocopa Itália Chelsea
Jorginho sagrou-se campeão da Champions League e Eurocopa na mesma temporada / Claudio Villa/Getty Images

Natural de Imbituba (SC), Jorginho ganhou muita notoriedade nos últimos anos, principalmente depois de se transferir ao Chelsea, em 2018. Naturalizado italiano, o volante ganhou uma legião de admiradores depois da exibição praticamente irretocável na Euro 2020.

Tal performance, aliada aos títulos conquistados, fez com que ele aparecesse entre os principais cotados ao prêmio individual mais importante do futebol: a Bola de Ouro. Imagina vestindo a Canarinho...

facebooktwitterreddit