8 jogadores que já venceram a Conmebol Libertadores, mas muita gente não lembra

Javier Saviola
Gamba Osaka v River Plate - 2015 Suruga Bank Championship | LatinContent/Getty Images

A grande obsessão dos clubes e jogadores sul-americanos com certeza é a Copa Libertadores da América. Podemos ficar dias, meses e anos só falando dos grandes craques, grandes esquadrões e títulos históricos que tivemos desde 1960 - primeira edição da competição.

Em todo esse período, tivemos muitos jogadores que disputaram a Libertadores ainda jovens, e construíram suas carreiras no continente europeu, sendo reconhecidos por tal.

Também tivemos jogadores "folclóricos" que já decidiram muitos jogos, outros que faziam parte de um esquadrão campeão da Liberta e você nem lembrava, e até zagueiro usando camisa dez...

Com isso, separamos oito jogadores muito conhecidos no Brasil e no nosso continente, sem ordem de relevância e/ou qualidade, que já conquistaram a Libertadores, mas muita gente nem fazia ideia. Confira:

8. Dida - Cruzeiro (1997)

Um dos maiores goleiros da história do nosso futebol, Dida teve grande e memorável participação no bicampeonato do Cruzeiro, em 1997. Naquela edição, se destacou por ser o "paredão" da Raposa, com defesas de pênaltis e milagres no decorrer da competição.

Depois dessa conquista, o goleiro só teve sucesso. Dida foi multicampeão no Milan, atuando por dez temporadas em um dos melhores elencos desse século.

7. Willy Caballero - Boca Juniors (2003)

Willy Caballero
Chelsea FC v Tottenham Hotspur - Premier League | James Williamson - AMA/Getty Images

Agora, um bicampeão. O goleiro Willy Caballero fez parte do vitorioso elenco do Boca Juniors campeão de tudo no início desse século.

Willy, porém, era reserva dos ídolos xeneizes Córdoba e Abbondanzzieri nas Libertadores de 2001 e 2003, respectivamente. Atualmente, o argentino está no Chelsea, da Inglaterra.

6. Walter - Internacional (2006)

Walter
Fluminense v Sao Paulo - Brasileirao Series A 2014 | Alexandre Loureiro/Getty Images

Um dos grandes personagens do futebol brasileiro nos últimos anos, o atacante Walter foi muito importante na conquista do bi da Libertadores do Inter.

Autor do gol da classificação do time nas oitavas, contra o Banfield de James Rodríguez, o atacante foi vendido ao Porto-POR antes mesmo das semifinais da competição.

5. Éver Banega - Boca Juniors (2007)

Ever Banega
Boca Juniors v AC Milan - FIFA Club World Cup Final | Etsuo Hara/Getty Images

Na época atuando como primeiro volante, o argentino Éver Banega foi um dos pilares do Boca Juniors no hexacampeonato da Libertadores em 2007.

Banega foi promovido aos titulares após a saída de Fernando Gago para o Real Madrid. Na época, o volante tinha 18 anos e tinha acabado de subir da base xeneize.

Suas boas atuações o levaram para o futebol espanhol, onde teve maior destaque e reconhecimento.

4. Gilberto Silva - Atlético Mineiro (2013)

FBL-LIBERTADORES-NEWELLS-ATMINEIRO
FBL-LIBERTADORES-NEWELLS-ATMINEIRO | JUAN MABROMATA/Getty Images

Outro jogador que retorna ao clube que o revelou para conquistar a América. O histórico volante Gilberto Silva, multicampeão pela Seleção e pelo Arsenal-ING, foi campeão da Libertadores com o Galo em 2013.

No ano de sua aposentadoria, Gilberto fechou sua vitoriosa carreira com chave de ouro, conquistando o título que tanto sonhava pelo clube que teve destaque no início da carreira.

3. Willian Arão - Corinthians (2012)

Willian Arão
Liverpool FC v CR Flamengo - FIFA Club World Cup Qatar 2019 | Simon Holmes/Getty Images

Contratado para ser reserva imediato de Ralf, o volante Willian Arão teve poucas chances no elenco do Corinthians de 2012. Porém, esteve presente nos dois principais títulos da história do clube - Libertadores e Mundial -, mesmo que no banco de reservas.

Em 2019, o volante conquistou seu segundo título da competição, dessa vez no histórico Flamengo de Jorge Jesus.

2. Marquinhos - Corinthians (2012)

TOPSHOT-FBL-FRA-LIGUE1-PSG-TOULOUSE
TOPSHOT-FBL-FRA-LIGUE1-PSG-TOULOUSE | FRANCK FIFE/Getty Images

Um dos principais zagueiros do país, Marquinhos fez parte do vitorioso elenco do Corinthians de 2012. Naquela ocasião, o zagueiro tinha 17 anos e conquistou a Copinha naquele mesmo ano.

Com a saída de Adriano em 2012, Marquinhos foi inscrito em sua vaga na lista da competição, e herdou a camisa 10 do atacante. No entanto, não atuou nenhuma vez na campanha do título.

Atualmente, vem se destacando cada vez mais com a camisa do Paris Saint-Germain, da França.

1. Javier Saviola - River Plate (2015)

Javier Saviola
Tigre v River Plate - Torneo Primera Division 2015 | Amilcar Orfali/Getty Images

Atacante de passagens vitoriosas por Barcelona e Real Madrid, o ex-atacante Javier Saviola retornou ao River Plate - clube que o formou - em 2015 para conquistar a Libertadores.

Naquela ocasião, porém, atuou em apenas cinco minutos da competição. Do mesmo modo, Saviola tem seu nome marcado na história do River.