Futebol brasileiro

8 jogadores que atuaram no Brasil em 2021 e talvez você não se lembre

Nathália Almeida
Guerrero teve mais uma temporada turbulenta
Guerrero teve mais uma temporada turbulenta / Bruna Prado/GettyImages
facebooktwitterreddit

Sabe aquele jogador que passou boa parte da temporada no departamento médico? Ou mesmo aquele atleta que foi contratado com o ano em andamento e não gerou nenhum impacto, ao ponto de cair rapidamente no "ostracismo" junto ao torcedor?

Hoje falaremos sobre jogadores que, por motivos variados, passaram praticamente despercebidos pelo imaginário popular em 2021. Você se lembrava que estes 8 atletas atuaram na Série A neste ano?


1. Yony González (Ceará)

FBL-SUDAMERICANA-WILSTERMANN-CEARA
Yony não gerou muito impacto no Ceará em 2021 / AIZAR RALDES/GettyImages

Contratado por empréstimo pelo Ceará no início do ano, Yony González teve um desempenho tão discreto pelo time alvinegro que praticamente saiu do radar da opinião pública. Anotou apenas dois gols na temporada. O torcedor do Vozão certamente não sentirá saudade do colombiano, caso deixe o clube neste mercado.

2. Matheus Babi (Athletico-PR)

FBL-SUDAMERICANA-PARANAENSE-AMERICA
Babi sofreu uma grave lesão no início da temporada / HEULER ANDREY/GettyImages

Contratado junto ao Botafogo com status de grande promessa, Matheus Babi caiu no esquecimento nesta temporada por um motivo bem triste para o atleta e seus fãs: sofreu uma grave lesão em seus primeiros meses com a camisa do Athletico-PR. Só deve retornar aos gramados no início de 2022.

3. Éder (São Paulo)

Eder Martins Citadin
Eder começou bem, mas caiu muito de produção / Pool/GettyImages

Anunciado com pompas pelo São Paulo em março deste ano, Éder teve um bom início de jornada com a camisa do Soberano, mas não conseguiu se consolidar como um fator diferencial em favor do time tricolor. Despede-se de 2021 com apenas cinco gols marcados, número irrisório para um centroavante.

4. Paolo Guerrero (Internacional)

Paolo Guerrero
Guerrero disputou apenas 9 jogos na Série A 2021 / Silvio Avila/GettyImages

Centroavante de enorme sucesso no futebol brasileiro na década passada, Paolo Guerrero parece estar sentindo o peso de seus 37 anos de idade. As muitas lesões e problemas extracampo limitaram o peruano a apenas 16 jogos pelo Internacional na temporada 2021, com modestos dois gols marcados. Terá sido o fim da linha para o camisa 9 no Beira-Rio?

5. Wagner (Juventude)

wagner juventude campeonato brasileiro
Wagner anotou dois gols no Brasileirão / ALEXANDRE NETO/Photopress/Gazeta Press

Campeão brasileiro pelo Fluminense em 2012, o experiente meia Wagner foi contratado pelo Juventude com a temporada em andamento, mais precisamente no mês de setembro. Defendeu o clube gaúcho por apenas três meses, disputando 12 jogos e anotando dois gols. Em 2022, jogará a Série B pelo Vila Nova, de Goiás.

6. Matheus Ferraz (Fluminense)

Gustavo Mosquito, Matheus Ferraz
Matheus Ferraz ainda está no elenco do Fluminense / Alexandre Schneider/GettyImages

Muitos torcedores do Fluminense não entendem como o veteraníssimo Matheus Ferraz, beirando os 37 anos de idade, ainda segue nas Laranjeiras e com mais um ano de contrato por cumprir. Viveu uma temporada 2021 muito ruim - marcada por problemas físicos -, ao ponto do zagueiro só ter disputado três jogos oficiais.

7. Léo Baptistão (Santos)

Leo Baptistao
Baptistão foi contratado com pompas, mas não fez muito pelo Peixe / Alexandre Schneider/GettyImages

O Santos precisou ser criativo para reforçar seu elenco com a temporada em andamento, mas podemos cravar que suas novidades não deram o retorno imaginado. Além de Diego Tardelli - que pouco (ou nada) fez na Vila Belmiro -, o atacante Léo Baptistão também não chamou atenção da torcida. Foram apenas oito jogos disputados na Série A, sem gols ou assistências.

8. Marrony (Atlético-MG)

Marrony
Marrony foi vendido no meio da temporada / Pool/GettyImages

Não podemos dizer que o jovem Marrony, cria do Vasco da Gama, teve uma passagem ruim pelo Atlético-MG. Acontece que o clube mineiro conseguiu um sucesso estrondoso em sua missão de repor a saída do jovem atacante, vendido ao futebol europeu na janela de transferências de verão, de modo que poucos torcedores do Galo se lembram que o garoto integrava o plantel alvinegro até agosto.

Hulk, Savarino, Diego Costa, Vargas e Zaracho não permitiram que a Massa sentisse saudade do camisa 38.

facebooktwitterreddit