Futebol Internacional

8 jogadores coadjuvantes que roubaram a cena na rodada do futebol europeu

Bia Palumbo
Wijnaldum fez o terceiro gol dele em 19 jogos pelo PSG
Wijnaldum fez o terceiro gol dele em 19 jogos pelo PSG / Sylvain Lefevre/GettyImages
facebooktwitterreddit

Uma das frases que rondam as discussões sobre o que acontece dentro das quatro linhas diz que "o futebol é um esporte coletivo" e neste sábado (4) tivemos mais um exemplo disso. Jogadores que nem sempre são os mais badalados em termos de valor de mercado ou de frequência no time titular tiveram participação decisiva nos gramados do Velho Continente, como você confere a seguir.

1. Wijnaldum

O time recheado de estrelas mais uma vez ficou devendo. Sem Neymar, lesionado, o Paris Saint-Germain teve Di María, Icardi, Mbappé e Messi em campo, mas foi o holandês que saiu do banco e evitou a derrota do líder da Ligue 1 para o Lens, quinto colocado, com uma cabeçada no canto direito de Jean-Louis Leca. Fofana tirou o zero do placar em um lance de infelicidade do goleiro Keylor Navas, que tentou defender um chute de longa distância com as mãos, mas viu a bola passar. O empate só veio nos acréscimos.

2. Juanmi

Juanmi Jimenez
Juanmi mostrou que o pé direito estava calibrado diante do Barça / Quality Sport Images/GettyImages

Cerca de 66 mil torcedores foram ao Camp Nou, mas a maioria saiu insatisfeita porque Juanmi concluiu um contra-ataque rápido com chute cruzado. Esta foi a primeira derrota do Barcelona na Era Xavi, que chegou ao quatro jogo na equipe culé.

3. Kubo

Take Kubo
Take Kubo não titubeou ao encarar o prestigiado goleiro Oblak, então o chute de canhota passou por baixo dele e entrou / Angel Martinez/GettyImages

Considerado uma das promessas do futebol japonês, o atacante de 20 anos comparado a Messi assinou com o Real Madrid em junho de 2019, porém jamais estreou pelo time merengue. Ele foi emprestado a três clubes diferentes (Villarreal, Getafe e Mallorca, onde está hoje) e conseguiu ser fundamental quando enfrentou o atual campeão espanhol, Atlético de Madri - nos acréscimos partiu do campo de defesa e balançou a rede: 2 a 1.

4. Origi

FBL-ENG-PR-WOLVES-LIVERPOOL
Origi saiu do banco para ser decisivo / JUSTIN TALLIS/GettyImages

O Liverpool entrou em campo com a chance de assumir a liderança da Premier League, mas terminou o primeiro tempo sem finalizar na direção do gol do Wolverhampton, o que parecia ser o indício de um dia ruim. No segundo tempo Diogo Jota desperdiçou uma oportunidade na cara do gol e a torcida dos Reds estava apreensiva. A tensão aumentou quando a arbitragem sinalizou cinco minutos de acréscimos, mas eles mal poderiam imaginar que quando o cronômetro estava perto de estourar os acréscimos, aos 94 minutos, o atacante belga recebeu no lado direito da área, girou e bateu de canhota para fazer o time chegar à 10ª vitória em 15 rodadas.

5. Jovic

David Alaba, Luka Jovic, Vinicius Junior
Sérvio entrou numa 'fogueira' ao substituir o artilheiro Benzema e terminou a partida como melhor em campo / Soccrates Images/GettyImages

Artilheiro do Campeonato Espanhol, o atacante Benzema foi substituído ainda no primeiro tempo do jogo contra a Real Sociedad com dores no joelho, mas o sérvio foi acionado e desta vez agarrou a oportunidade da melhor forma possível, com assistência para Vinicius Jr. fazer 1 a 0 e matou o jogo a favor do Real Madrid.

6. Bernardo Silva

Bernardo Silva
Bernardo Silva em dia de artilheiro na Premier League / Richard Heathcote/GettyImages

Sem De Bruyne, lesionado, o português assumiu o protagonismo da equipe de Guardiola, um desafio e tanto para quem joga no City, visto que o técnico espanhol costuma rodar bastante o elenco. Desta vez o time foi a Londres, o camisa 20 marcou dois gols e Sterling fechou a conta. Cucho Hernández descontou para o Watford.

7. Masuaku

TOPSHOT-FBL-ENG-PR-WEST HAM-CHELSEA
Masuaku encheu o pé e a bola desviou na defesa para enganar o goleiro Mendy / GLYN KIRK/GettyImages

Preciso. O congolês de 28 anos atuou apenas no segundo tempo e acertou em cheio a única finalização que tentou. O Chelsea teve um dia atípico na temporada: sofreu três gols pela primeira vez na temporada, uma desatenção entre o meio-campista Jorginho e o goleiro Mendy, ambos indicados entre os melhores do mundo, resultou no pênalti convertido por Lanzini e, para completar, a derrota custou a liderança da Premier League.

8. Freuler

SSC Napoli v Atalanta BC - Serie A
Apesar de ser titular absoluto, camisa 11 marcou apenas o segundo gol dele em 17 jogos / MB Media/GettyImages

Duas viradas no Estádio Diego Armando Maradona! O suíço marcou o gol da vitória da Atalanta sobre o Napoli, que era o líder da Série A Italiana e tinha perdido apenas uma vez até o momento. Malinovskyi precisou de sete minutos para fazer 1 a 0, o time da casa virou com Zielinski e Mertens, mas a equipe de Bergamo reagiu no segundo tempo com Demiral e Freuler.

facebooktwitterreddit