Flamengo

8 grandes retornos na história do Flamengo

Vitor Beloti
Adriano retornou ao Flamengo em 2009, foi artilheiro e campeão brasileiro
Adriano retornou ao Flamengo em 2009, foi artilheiro e campeão brasileiro / ANTONIO SCORZA/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Flamengo esteve perto de anunciar o retorno do técnico português Jorge Jesus para a temporada de 2022, mas a história não se concretizou dessa vez. No entanto, o clube já teve finais felizes quando o assunto era reintegrar jogadores que tiveram uma passagem pela equipe.

1. Zico

Ele é, de longe, o maior ídolo da história do Flamengo. Conquistou diversos títulos importantes com o clube, incluindo a taça da Libertadores e do Mundial de Clubes em 1981. No entanto, o jogador saiu da Gávea em 1983 e foi atuar pela Udinese por duas temporadas em um nível muito elevado, mas não escondeu a saudades de jogar em pleno Maracanã com a camisa do rubro-negra e retornou em 1985.

2. Adriano Imperador

Flamengo's player Adriano (C) runs to ce
Adriano foi bicampeão estadual (2000 e 2001), venceu a Copa dos Campeões (2001) e o Brasileirão (2009) / ANTONIO SCORZA/GettyImages

Adriano jogou pouco tempo com a camisa do Flamengo logo após ser revelado pelo clube, já que foi vendido para a Inter de Milão em 2001, mas o teve uma outra oportunidade de jogar pelo seu time de infância e voltou à Gávea em 2009, onde se consagrou campeão brasileiro com o Mais Querido.

3. Júnior

O lateral esquerdo Júnior é considerado um dos maiores laterais que já pisaram na Gávea, e o jogador não poderia se despedir do futebol vestindo o manto de outro clube. Subiu para o profissional em 1984 e conquistou todos os maiores títulos da história do clube. Logo em seguida se transferiu para o Torino e permaneceu no futebol italiano até 1989, quando retornou ao Flamengo para atuar por mais alguns anos.

4. Petkovic

Flamengo's player Petkovic celebrates th
Petkovic foi um dos principais jogadores do título brasileiro do Flamengo em 2009 / ANTONIO SCORZA/GettyImages

O meio-campista Petkovic chegou ao Flamengo no ano 2000 e deu muitas alegrias ao torcedor rubro-negro, principalmente quando o assunto está atrelado ao gol de falta diante do Vasco, pela final do Campeonato Carioca de 2001. Ele só retornou ao clube em 2009, quando também foi campeão brasileiro.

5. Juan

FBL-SUDAMERICANA-FLAMENGO-INDEPENDIENTE-FINAL
Juan fez 328 jogos com a camisa rubro-negra / MAURO PIMENTEL/GettyImages

O zagueiro Juan se profissionalizou pelo Flamengo em 1996, onde jogou por seis anos até ser vendido para o Bayer Leverkusen, da Alemanha. Desde então passou longos anos no futebol europeu até voltar ao futebol brasileiro, onde foi contratado pelo Internacional e lá sagrou-se tricampeão gaúcho entre 2013 e 2015. Ele também atuou na Roma e pendurou as chuteiras em 2019, aos 40 anos.

6. Julio Cesar

O pensamento de um dos melhores goleiros que o futebol brasileiro já teve sempre foi em retornar ao Flamengo para encerrar sua carreira, e tudo ocorreu da forma imaginada. Júlio Cesar foi vendido em 2005 para a Inter de Milão por 2,45 milhões de euros e passou um longo tempo atuando no Velho Continente até voltar ao clube rubro-negro em 2018 para se aposentar. Uma baita carreira.

7. Vágner Love

Fluminense v Flamengo - Brazilian Championship 2010
Vágner Love foi um dos principais atacantes do Flamengo em 2010. / Buda Mendes/GettyImages

O atacante caiu nas graças da torcida rubro-negra depois de sua bela passagem pelo Flamengo em 2010, apesar do curto período de tempo vestindo o manto sagrado. No entanto, em 2013 o Mais Querido voltou a negociar com o jogador e adquiriu, por empréstimo, o retorno do craque ao Maracanã usando as cores vermelho e preto. A torcida fez uma grande festa neste dia.

8. Renato Gaúcho

Renato Gaucho
Última passagem de Renato Gaúcho no Flamengo foi como treinador. / Miguel Schincariol/GettyImages

O Flamengo contratou o ex-jogador Renato Gaúcho em 1987 e, sem dúvidas, ficou muito feliz com a chegada do atacante. Meses após a chegada do jogador, o rubro-negro se tornou campeão brasileiro após um confronto histórico contra o Internacional. Em 1988, Renato Gaúcho foi vendido para a Roma e só retornou ao Flamengo em 1989, onde voltou a conquistar mais vitórias com o Mais Querido.

facebooktwitterreddit