7 jogadores que preferiram ganhar mais nos mercados alternativos do que ficar nas grandes ligas

Lucas Humberto
Matheus Pereira, Oscar, Talisca e mais: veja sete jogadores que preferiram ganhar mais nos mercados alternativos do que ficar nas grandes ligas.
Matheus Pereira, Oscar, Talisca e mais: veja sete jogadores que preferiram ganhar mais nos mercados alternativos do que ficar nas grandes ligas. / Alex Livesey - Danehouse/Getty Images
facebooktwitterreddit

Destaque do West Bromwich na Premier League, o brasileiro Matheus Pereira decidiu não seguir na equipe para disputar a Championship - espécie de segunda divisão da Inglaterra. Em vez disso, o polivalente meia-atacante vai defender as cores do Al-Hilal, da Arábia Saudita.

Assim como ele, diversos outros jogadores preferiram optar pela segurança financeira dos mercados alternativos do que apostar na conhecida "escadinha" dos grandes times europeus. Abaixo, relembramos sete exemplos clássicos.

1. Alexandre Pato

Alexandre Pato Orlando City MLS Milan Chelsea
Pato está lesionado no Orlando City, da MLS / Miguel Schincariol/Getty Images

Depois de viver o auge da carreira no Milan, Alexandre Pato sofreu com muitas lesões e acabou não conseguindo se firmar em nenhum outro grande clube do exterior. Sua última tentativa aconteceu no Villarreal, da Espanha, onde fez somente 24 jogos.

Mais tarde, o centroavante rumou ao Tianjin Tianhai, da China, onde ficou até 2019. Atualmente está lesionado no Orlando City, da Major League Soccer (MLS). Ele até tentou emplacar grandes anos na Europa, mas não conseguiu.

2. Anderson Talisca

Anderson talisca Benfica  Bahia Arábia Saudita
Talisca jogou no Benfica / Simon Holmes/Getty Images

Um dos exemplos mais significativos desta lista é Anderson Talisca. Formado no Bahia, o meia-atacante fez sucesso no Benfica e, logo quando estava na mira de grandes times do Velho Continente, foi jogar no Besiktas, da Turquia. Aos 27 anos, o brasileiro está cada vez mais sumido do mapa do futebol. Hoje, defende o Al Nasr Riad, da Arábita Saudita.

3. Hulk

Hulk Zenit Atlético-MG Brasileirão Seleção Brasileira Porto
Hulk também brilhou no Zenit / Epsilon/Getty Images

Um dos melhores jogadores do Brasileirão na atualidade, Hulk passou muito perto de marcar seu nome na história do futebol europeu. Após bons anos no Porto e consequente convocação para a seleção brasileira, todos achavam que o centroavante iria aparecer nos gigantes da Europa.

Acontece que, contrariando rumores, ele assinou com o Zenit São Petersburgo. Apesar de ter ganhando importantes troféus e enchido os bolsos, não dá para comparar os holofotes do torneio russo com aqueles direcionados ao Campeonato Inglês, por exemplo.

4. Oscar

Shanghai Port Oscar Chelsea Seleção Brasileira Chelsea
Oscar é capitão do Shanghai Port / Mohamed Farag/Getty Images

Até hoje muitos torcedores não acreditam que Oscar foi de titular da seleção brasileira e imprescindível no poderoso Chelsea para o futebol chinês. Capitão do Shanghai Port, onde está desde 2017, o meia-atacante brasileiro foi seduzido pelas cifras sempre monstruosas vindas da Ásia. Infelizmente, a decisão fez com que ele perdesse seu auge na Canarinho.

5. Paulinho

Paulinho Barcelona Tottenham Guangzhou Al Ahli
Paulinho fez sucesso na China / STR/Getty Images

Após encerrar seu ciclo no Guangzhou FC, da China, Paulinho quase retornou ao Brasil. Contudo, quando falamos da decisão de atuar em mercados alternativos, precisamos retornar um pouco, mais precisamente para meados de 2013.

Depois de defender as cores de Tottenham e Barcelona - inclusive se destacando muito nos culés -, o jogador não quis tentar um ciclo maior na Europa. Em vez disso, rumou ao futebol chinês, onde ficou até 2020. Atualmente está no Al Ahli Jeddah, da Arábia Saudita.

6. Thiago Neves

Thiago Neves Al Hilal Sport
Jogador não teve paciência para construir uma carreira na Europa / KARIM JAAFAR/Getty Images

Se ele mesmo admitiu, quem somos nós para discordar! Hoje no Sport Recife, Thiago Neves já teve bola para tentar fazer a "escadinha" na Europa - começar em times de médio de porte antes de chamar atenção dos grandes. À época, ele preferiu ganhar dinheiro na Arábia Saudita. "Desisti muito fácil", lamentou o meio-campista em entrevista à ESPN.

7. Alex Teixeira

Alex Teixeira Besiktas China Vasco Liverpool
Alex Teixeira construiu grande parte da sua carreira na China / Fred Lee/Getty Images

Confirmado no Beşiktaş, da Turquia, Alex Teixeira já esteve na mira do Liverpool, que estava disposto a abrir os cofres para contratar o meia-atacante. Em vez disso, ele resolveu jogar no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e mais tarde, no Jiangsu FC, da China.

facebooktwitterreddit