Copa Libertadores

7 jogadores que já disputaram finais de Libertadores e Champions League

Lucas Humberto
Filipe Luís disputou as duas decisões continentais mais importantes do mundo
Filipe Luís disputou as duas decisões continentais mais importantes do mundo / Daniel Apuy/GettyImages
facebooktwitterreddit

Disputar dois dos principais torneios continentais do mundo parece um feito para poucos, certo? E realmente não é tão comum assim. Chegar ao duelo derradeiros de ambos é ainda mais raro, mas acontece. Abaixo, você confere sete jogadores que já jogaram uma final de Libertadores e de Champions League ao menos uma vez na carreira.

1. Filipe Luís

Champions League Filipe Luís Atlético de Madrid Flamengo Libertadores
Lateral não deu sorte em decisões da Champions League / VI-Images/GettyImages

Dono de um imponente currículo no futebol europeu, Filipe Luís alcançou a marca de 333 jogos defendendo as cores do Atlético de Madrid. Com tantos compromissos na conta, não é de se espantar que o lateral tenha disputado algumas edições da Champions League, certo?

Em duas ocasiões, mais precisamente em 2014 e 2016, ele chegou à final do torneio europeu, mas acabou sendo superado pelo rival Real Madrid. No caso da Libertadores, não é preciso buscar muito na memória, certo? Pelo Flamengo, a Glória Eterna foi conquistada na temporada 2018/19.

2. Neymar

Neymar Santos Libertadores Barcelona Champions League
Brasileiro alcançou a Glória Eterna pelo Santos / Eduardo Anizelli/GettyImages

Dispensando absolutamente qualquer apresentação, o craque faz parte do seleto pelotão que venceu as duas competições. Em 2011, conquistou o continente sul-americano pelo Santos. Quatro anos mais tarde, na temporada 2014/15, Neymar venceu a Liga dos Campeões pelo Barcelona.

Desde então, o brasileiro tenta repetir o feito no Paris Saint-Germain. Em 2020, o camisa 10 até conseguiu chegar ao duelo derradeiro, mas acabou sendo superado pelo Bayern de Munique. Será que o trio MNM consegue em 2022?

3. Rafinha

Rafinha Champions League Bayern de Munique Libertadores Flamengo
Lateral brasileiro comemora com a Orelhuda / Boris Streubel/GettyImages

Hoje tentando escapar do rebaixamento no Brasileirão, há pouquíssimas temporadas Rafinha estava no topo da Europa. Defendendo as cores do Bayern de Munique, o lateral não apenas chegou à final da Liga dos Campeões como conquistou a taça ao vencer o rival Borussia Dortmund.

Anos mais tarde, quando tinha status de peça fundamental do poderoso Flamengo de Jorge Jesus, ele fez parte do grupo que venceu bravamente o River Plate na decisão da Libertadores 2018/19. Será que ele reencontra o caminho das competições continentais?

4. Thiago Silva

Thiago Silva Fluminense LDU Champions League Chelsea
Thiago Silva em ação pelo Fluminense / JUAN MABROMATA/GettyImages

Como o zagueiro está há mais de uma década initerruptamente no exterior, muitos torcedores podem não se lembrar de quando ele quase conquistou a Glória Eterna. Pelo Fluminense, Thiago Silva chegou à final em 2008, mas caiu para a LDU, do Equador.

No Velho Continente, ele teve mais sorte. Atual campeão europeu, o brasileiro venceu a Champions League com o Chelsea. Na decisão , o jogador sentiu dores e não conseguiu participar do jogo inteiro. Nada que apague o brilhantismo da performance ao longo das rodadas.

5. Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Barcelona Champions League Libertadores Atlético-MG
Ronaldinho teve papel decisivo ao longo do torneio continental / Etsuo Hara/GettyImages

Ficou faltando algum título na galeria de Ronaldinho Gaúcho? Em 2006, no Stade de France, o Bruxo, à época no Barcelona, disputava a final da Liga dos Campeões contra o Arsenal. Após vitória dos culés, por 2 a 1, o brasileiro acabou sendo eleito o melhor jogador da competição europeia.

Algumas temporadas depois, o meia-atacante mostrou que sua mágica não estava restrita a um continente. Pelo Atlético-MG, a Glória Eterna veio em 2013, ao vencer o Olimpia. A vitória, também dramática, teve até penalidade máxima.

6. Carlos Tévez

Carlos Tevez Boca Juniors Santos Libertadores Manchester United Champions League
Argentino venceu o Santos na final / MAURICIO LIMA/GettyImages

Dividindo quase toda sua carreira entre Europa e América do Sul, Carlos Tévez pode afirmar que conhece bem o caminho dos torneios continentais. Falando em Libertadores, a principal marca do argentino aconteceu em 2003, quando ele bateu o Santos na grande decisão.

No âmbito da Champions League, há duas marcas de destaque: taça levantada junto ao Manchester United (2007/08) e final pela Juventus (2014/15). Vale lembrar que a Velha Senhora foi superada pelo Barcelona na ocasião.

7. Cafu

Cafu Champions League Milan São Paulo Libertadores
Cafu celebrando a Champions League / FRANCK FIFE/GettyImages

Com lugar garantido entre os melhores laterais da história, Cafu teve sua carreira marcada por títulos de expressão. Defendendo as cores do Milan, o brasileiro conquistou a Itália e a Europa - a Champions League veio na temporada 2006/07.

Alguns anos antes, o jogador venceu não uma, mas duas edições na Copa Libertadores. E melhor ainda: de forma consecutiva. O bicampeonato (91/92 e 92/93) se deu pelo São Paulo. No meio dessas conquistas ainda tiveram duas singelas Copas do Mundo. Ganhou pouco, né?

facebooktwitterreddit