Listas

7 jogadores com carreiras marcadas por episódios de indisciplina

Lucas Humberto
Terceira passagem de Jô pelo Parque São Jorge vai deixar poucas saudades
Terceira passagem de Jô pelo Parque São Jorge vai deixar poucas saudades / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Chegou ao fim a terceira passagem de pelo Corinthians. Na última quinta-feira, 9 de junho, as partes acertaram os termos da rescisão amigável. A decisão veio à tona depois do conturbado episódio do pagode durante a derrota do Timão para o Cuiabá, pelo Brasileirão, além da falta não justificada no treino no dia seguinte.

As polêmicas acompanharam o agora ex-camisa 77 alvinegro nos últimos dois anos. Teve resort durante a pandemia, chuteira verde, sumiço que preocupou familiares, ausências em treinos, entre outros. Tendo esse caso como gancho, resolvemos listar outros sete jogadores com carreiras marcadas por episódios de indisciplina.

1. Marcelinho Carioca

Marcelinho Carioca Jô Corinthians Polêmica
Briga com Luxemburgo resultou na transferência do jogador / -/GettyImages

Ídolo histórico do Timão, Marcelinho Carioca acabou sendo dispensado pelo clube em 2001. Depois de ter chegado atrasado para a concentração da equipe, o ex-jogador teve uma discussão com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Era a gota d'água. A situação, claro, não aconteceu de forma isolada. Ele já vinha acumulando problemas anteriores.

2. Felipe Melo

Felipe Melo Volante Polêmica Fluminense Corinthians Jô
Controvérsias cercam o volante desde o início da carreira / Richard Heathcote/GettyImages

Daria para construir uma lista inteira apenas com as polêmicas de Felipe Melo. Dentro e fora das quatro linhas, o volante é quase um ímã de confusão. Somente nos últimos anos teve uma pancadaria generalizada com os uruguaios do Peñarol e uma discussão quente com Pablo Perez, capitão do Boca Juniors.

3. Adriano Imperador

Adriano Roma Polêmica Jô Corinthians
Atacante não conseguiu se firmar na Roma / Giuseppe Bellini/GettyImages

Estelar em sua melhor forma, Adriano Imperador empilhou situações de indisciplina. Ele conseguiu ser dispensado por três cubes diferentes ao longo da carreira: Roma, Corinthians e Atheltico-PR. Em cada caso, havia uma situação polêmica de contexto diferente. Faltas, viagens, entre outros. Além, claro, do desempenho abaixo do esperado dentro de campo.

4. Roy Keane

Roy Keane Manchester United Polêmica Jô Corinthians
Keane colocava medo nos adversários / Stu Forster/GettyImages

Amado em Old Trafford, odiado por qualquer adversário. Roy Keane não media esforços para anular oponentes. Literalmente. Ele cometia faltas descabidas com certa frequência e quase nunca mostrava arrependimento. Em 2014, Piqué revelou que evitava contato com o ex-companheiro de time por medo. Até hoje o irlandês segue polêmico nas declarações...

5. Diego Maradona

Diego Maradona Barcelona Copa do Mundo
Carreira do craque foi marcada por polêmicas até mesmo depois do falecimento / Jean-Yves Ruszniewski/GettyImages

Maradona talvez seja o maior exemplo de gênio polêmico da história da modalidade. Foram variados episódios ao longo da vasta carreira. Aliás, o argentino esteve no centro de noticiários infames até mesmo depois do falecimento. Entre os episódios de maior repercussão está o exame antidoping da Copa do Mundo de 1994.

6. Pepe

Pepe Thomas Müller Copa do Mundo Real Madrid Jô Corinthians
Zagueiro se envolveu em uma briga com Thomas Müller no Mundial de 2014 / Martin Rose/GettyImages

Quando tratamos de Pepe é muito fácil ir do 8 ou 80. Em termos técnicos, não há muitas discussões, afinal, o zagueiro não é titular da seleção portuguesa até hoje por acaso. Mas no âmbito comportamental, era surpreendentemente comum vê-lo explodir e partir para a agressão. Impossível se esquecer da expulsão contra a Alemanha em 2014.

7. Neymar

Neymar Santos PSG Jô Corinthians Polêmicas
Brasileiro convive com polêmicas desde os tempos do Santos / Marc Atkins/GettyImages

Não poderíamos terminar a lista sem o rei das controvérsias. A vida de Neymar é literalmente cinematográfica quando o assunto são casos de indisciplina. Não à toa ele ganhou um documentário produzido pela Netflix. Teve presença em festa durante recuperação de lesão, briga com torcedor, caso judicial, indiretas em entrevistas...

facebooktwitterreddit