Listas

7 destaques da MLS que seu clube deveria ficar de olho

Lucas Humberto
Gustavo Bou e Carles Gil foram dois dos principais pilares do New England Revolution
Gustavo Bou e Carles Gil foram dois dos principais pilares do New England Revolution / Alex Menendez/GettyImages
facebooktwitterreddit

A Major League Soccer (MLS) conheceu seu inédito campeão no último sábado (11): New York City FC. A equipe do brasileiro Talles Magno enfrentou o Portland Timbers e, depois de empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, venceu por 4 a 2 nas penalidades máximas.

Nos últimos anos, o torneio norte-americano ficou conhecido por buscar talentos do futebol sul-americano. Mas, e se nós fizéssemos o caminho inverso? Destaques não faltaram. Aliás, é justamente sobre eles que vamos falar a seguir.

1. Valentín Castellanos (New York City FC)

Valentin Castellanos MLS New York City FC MLS
Goleador, decisivo e campeão, Castellanos foi um dos grandes destaques da MLS em 2021 / Ira L. Black - Corbis/GettyImages

Idade: 24 anos
Posição: centroavante
Contrato até: dezembro de 2025

Ninguém foi tão dono da MLS em 2021 quanto Castellanos. Artilheiro da temporada (31 participações em gols - 23 tentos + oito assistências) e destaque absoluto em finalizações. Tê-lo no elenco significa a busca constante pelo gol.

2. Eduard Atuesta (Los Angeles FC)

Eduard Atuesta Palmeiras Los Angeles FC MLS
Colombiano está próximo do Palmeiras / Emilee Chinn/GettyImages

Idade: 24 anos
Posição: volante
Contrato até: dezembro de 2022

Sonho antigo do Palmeiras, Eduard Atuesta nunca esteve tão próximo do futebol brasileiro. Com características mais construtoras (o famoso "maestro"), o colombiano foi às redes duas vezes na campanha e entregou outras sete assistências. Vai se dar bem no Brasileirão?

3. Djordje Mihailovic (CF Montréal)

Djordje Mihailovic CF Montreal MLS
Estadunidense foi destaque no âmbito das assistências / Minas Panagiotakis/GettyImages

Idade: 23 anos
Posição: meia-atacante
Contrato até: dezembro de 2023

Subestimado? Provando que, sim, é possível encontrar a cobiçada mescla de juventude + talento na MLS, Mihailovic teve outro ano de números expressivos. Foram quatro gols e 14 (!) assistências na conta do estadunidense.

4. Gustavo Bou (New England Revolution)

Gustavo Bou New England Revolution MLS
Características do centroavante são amplamente buscadas no Brasileirão / Ira L. Black - Corbis/GettyImages

Idade: 31 anos
Posição: centroavante
Contrato até: dezembro de 2023

Rosto conhecido nos gramados sul-americanos, Gustavo Bou foi um dos principais destaques do New England Revolution. A equipe caiu nas semifinais ante o NYCFC, mas vendeu caro a derrota. O argentino, por sua vez, contribuiu com incríveis 15 gols e oito passes ao longo da temporada.

5. Carles Gil (New England Revolution)

Carles Gil New England Revolution MLS
Capitão, Gil sagrou-se MVP da MLS em 2021 / Andrew Katsampes/ISI Photos/GettyImages

Idade: 29 anos
Posição: meia-atacante
Contrato até: dezembro de 2024

Seja seu time do coração brasileiro ou europeu, Carles Gil certamente terá espaço. Escolhido como MVP da MLS em 2021, o espanhol protagonizou uma campanha do mais puro destaque: foram quatro tentos e 12 assistências da mais pura maestria e liderança dentro das quatro linhas.

6. Ezequiel Barco (Atlanta United)

Ezequiel Barco Independiente Atlanta United MLS
Hoje no Atlanta United, Barco ficou marcado pelos anos no Independiente / Hector Vivas/GettyImages

Idade: 22 anos
Posição: ponta-esquerda
Contrato até: dezembro de 2022

Marcado pelos anos no Independiente, o jovem argentino possui características que se encaixariam perfeitamente em vários clubes da Série A. Duvida? Basta olhar os números de Barco: sete gols e seis assistências em 26 partidas. Está precisando de alguém na ponta? Fica de olho...

7. Carlos Miguel Coronel (New York Red Bulls)

Carlos Miguel Coronel New York Red Bulls MLS
Goleiro se encaixaria perfeitamente em clubes da Série A / Ira L. Black - Corbis/GettyImages

Idade: 24 anos
Posição: goleiro
Contrato até: 2024

Pilar do time nova-iorquino, o arqueiro brasileiro conduziu a defesa menos vazada da conferência leste na fase classificatória (apenas 33 tentos sofridos). Além disso, a temporada de Carlos Coronel no torneio norte-americano ficou marcada pelos 13 jogos sem sofrer gols.

facebooktwitterreddit