Seleção Brasileira

7 curiosidades de Raphinha, estreante como titular da seleção brasileira

Lucas Humberto
Da rápida adaptação ao aniversário de Ronaldinho: veja sete curiosidades de Raphinha, estreante pela seleção brasileira em solo nacional.
Da rápida adaptação ao aniversário de Ronaldinho: veja sete curiosidades de Raphinha, estreante pela seleção brasileira em solo nacional. / Stu Forster/GettyImages
facebooktwitterreddit

Gaúcho de Porto Alegre, Raphinha precisou de pouquíssimas oportunidades para impressionar Tite. Convocado em setembro, não pode viajar para o Brasil pelas medidas restritivas dos clubes ingleses, mas ao ser novamente lembrado neste mês ele caiu nas graças do técnico e da torcida brasileira. Aliás, a velocidade de adaptação tem sido uma constante na vida do atacante, seja na base do Avaí, no Sporting, Rennes ou mesmo no Leeds United, clube onde o atacante ostenta a camisa 10.

Logo mais, aos 24 anos, ele irá defender as cores da seleção brasileira pela primeira vez em solo nacional. A partida contra o Uruguai marca a estreia do jogador como profissional nos gramados de seu país natal. Para aproveitar esse dia marcante, reunimos sete curiosidades de Raphinha.

1. Ele foi formado no Avaí

Em meados de 2014, Raphinha chamou atenção de observadores do Avaí, que conduziram sua devida transferência. Ele ficou somente um ano nas categorias inferiores e nem chegou a estrear com a equipe profissional. Apesar do pouco tempo, a performance do jogador causou bastante impacto.

"Desde quando o observamos em um amistoso contra o nosso profissional, detectamos um atleta muito promissor, ousado, que enfrentava nossos jogadores de igual para igual. Mesmo quando errava, tentava na jogada seguinte, e isso também nos chamou muita atenção", revelou Fábio da Cunha, treinador do atleta na base.

2. Desprezado pela dupla Grenal

Raphinha Seleção Brasileira Leeds United Estreia Grêmio Internacional Vitória de Guimarães
Raphinha não encontrou espaço na terra natal e mudou de ares / Gualter Fatia/GettyImages

Nascido no Rio Grande do Sul, o atacante passou pelas escolinhas de Grêmio e Internacional, sendo dispensado por ambos sob pretexto de ser muito franzino. Como não teve oportunidades entre os grandes da capital, partiu para defender alguns times de várzea, antes de chamar atenção do Avaí.

3. Ascensão no futebol português

Raphinha, atacante com a camisa do Vitória de Guimarães
Vitória de Guimarães foi a porta de entrada para Raphinha na Europa / Carlos Rodrigues/GettyImages

O Vitória de Guimarães, de Portugal, foi o primeiro clube profissional do atacante, embora ele tenha primeiro marcado presença no time B. Em três temporadas na pequena cidade do norte português, Raphinha anotou 27 gols em 101 jogos. O desempenho chamou atenção do Sporting.

4. Ele considera Bruno Fernandes um irmão mais velho

Bruno Fernandes e Raphinha comemoram gol do Sporting
Bruno Fernandes e Raphinha atuaram juntos no Sporting, atual campeão português / Gualter Fatia/GettyImages

Em carta ao The Players' Tribune, o brasileiro revelou que o Bruno Fernandes teve papel fundamental em sua adaptação no Sporting. "Assim que ele soube que eu seria contratado, me mandou mensagem dizendo que não via a hora de estarmos juntos em campo".

"O Bruno me ajudou demais, cara. Em Portugal, conversávamos sempre e saíamos para jantar. Quando fui para o Rennes, ele me deu vários conselhos, é muito inteligente", completou. Hoje, ambos estão em lados opostos na Premier League, visto que o português joga no Manchester United.

5. Período nos gramados franceses

Raphinha, atacante do Rennes
França foi o segundo destino do atacante gaúcho na Europa / Catherine Steenkeste/GettyImages

Embora tenha somente 24 anos, deu para perceber que o brasileiro acumula bastante experiência na Europa, certo? Depois de uma temporada e meia no Sporting, Raphinha desembarcou no Rennes, onde ficou somente um ano, mas teve influência imediata.

Em 36 partidas, o atacante teve participação direta em 15 gols (oito tentos e sete assistências). A performance acabou sendo determinante para colocar o time da Ligue 1 na fase de grupos da Champions League 2020/21.

6. Protagonista no Leeds

Marcelo Bielsa Raphinha Leeds Premier League Seleção Brasileira
Raphinha e Bielsa durante partida do Leeds / Laurence Griffiths/GettyImages

Quando mencionamos a rápida adaptação do atleta, não estávamos exagerando. Raphinha desembarcou na Premier League em 2020 e já se tornou uma das principais referências do Leeds United, digno inclusive da camisa 10. Titular absoluto na atual temporada, ele já soma 38 jogos, 10 gols, nove assistências - e já chamou a atenção de clubes como o Liverpool. O meio-campista Fabinho, que divide espaço com ele na seleção brasileira, declarou nesta semana que os Reds negociaram com o atacante.

Na carta ao TPT, citada anteriormente, o jogador ressaltou o papel de Marcelo Bielsa em sua carreira: "Ele me deu as boas-vindas no Leeds e me assegurou que me ajudaria - o que ele realmente tem feito desde então. Nos primeiros meses, ele parava os treinos, me puxava de canto e mostrava os melhores movimentos e decisões a tomar. Já devo muito a ele".

7. Ele foi no aniversário de Ronaldinho

Ronaldinho, meia-atacante do Barcelona
Raphinha participou de mais um rolê aleatório na conta de Ronaldinho? / Luis Bagu/GettyImages

Como Ronaldinho nasceu na mesma comunidade onde Raphinha cresceu, em Porto Alegre, as famílias de ambos se conheciam de longa data. Justamente por isso, quando o personagem da nossa lista tinha sete anos, ele foi no aniversário do Bruxo.

"Assim que me viu, ele me pegou no colo e começou a andar comigo pela festa. Eu fiquei paralisado. Não sabia como reagir, mas o carisma dele é capaz de conquistar a criança mais tímida do mundo. Ele trata todos muito bem, até os mais jovens", contou ao TPT.

facebooktwitterreddit