Copa do Brasil

7 craques que nunca conquistaram a Copa do Brasil

Antonio Mota
Romário ganhou até Copa do Mundo, mas nunca ergueu o troféu do torneio
Romário ganhou até Copa do Mundo, mas nunca ergueu o troféu do torneio / Getty Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Criada há mais de três décadas, em 1989, a Copa do Brasil é um dos torneios mais importantes e prestigiados do país e da América do Sul. Com prêmios milionários e muita profundidade no território nacional, a democrática competição chama atenção, promove um mata-mata ímpar com confrontos inusitados e cheios de emoção e ainda dá uma vaga na Conmebol Libertadores. É, na prática, a copa em que tudo pode acontecer...

Neste sentido, como não seria diferente, diversos craques já batalharam e venceram a Copa do Brasil. Outros, porém, não conseguiram colocar o troféu no currículo. A seguir, veja 7 grandes jogadores que nunca conquistaram a competição mais popular do país.  

1. Romário

Romario Flamengo Copa Brasil
Romário ficou por muitos anos como o maior artilheiro da história da Copa do Brasil. / VANDERLEI ALMEIDA/GettyImages

Um dos maiores atacantes da história do futebol mundial, Romário ganhou praticamente tudo o que disputou ao longo da carreira, incluindo uma Copa do Mundo. O histórico e polêmico craque, porém, nunca venceu a Copa do Brasil. E olha que é um dos maiores artilheiros da história da competição.

2. Kaká

Kaka São Paulo Copa Brasil
Kaká não venceu muitos títulos pelo São Paulo, único time que defendeu no Brasil. / Alexandre Schneider/GettyImages

Kaká foi um excepcional meio-campista e não à toa conquistou diversos títulos ao longo da carreira. Ganhou Champions League, LaLiga, Serie A Italiana, Copa do Mundo e muitos outros troféus, mas não a Copa do Brasil. O craque não participou de muitas edições da competição, mas também não teve sucesso quando teve a oportunidade.  

O ex-São Paulo venceu apenas o Torneio Rio-São Paulo no Brasil.

3. Ronaldinho

Ronaldinho Gaucho Atlético-MG
Ronaldinho brilhou muito no Galo, mas não levou a Copa do Brasil. / LatinContent/GettyImages

Formado no Grêmio, Ronaldinho passou grande parte da carreira na Europa, onde encantou o planeta e se firmou como um dos maiores da história. Lá, defendeu Paris Saint-Germain, Barcelona e Milan. Depois, voltou ao Brasil e colecionou passagens por Flamengo e Atlético-MG. O camisa 10 ganhou títulos com essas equipes, mas se aposentou sem a Copa do Brasil.

O gênio ainda passou pelo Fluminense e teve experiência no México antes de pendurar as chuteiras.

4. Rogério Ceni

Rogerio Ceni São Paulo Copa Brasil
Rogério Ceni ganhou tudo com o São Paulo, menos a Copa do Brasil. / Alexandre Schneider/GettyImages

Rogério Ceni atuou a vida inteira no São Paulo. No Morumbi, o maior goleiro artilheiro da história venceu duas Conmebol Libertadores, três edições do Campeonato Brasileiro, Mundial de Clubes e muito mais. O ídolo, porém, não conseguiu acabar com a sina do Tricolor na Copa do Brasil.

Vale notar que, tempos atrás (entre 2001 e 2012), os times que participavam da Libertadores não disputavam a Copa do Brasil.

5. Andrés D'Alessandro

Andrés D'Alessandro Internacional Copa Brasil
D'Alessandro não conseguiu colocar um título da Copa do Brasil no currículo. / Getty Images/GettyImages

D'Alessandro é o único estrangeiro da lista. O meio-campista, que se aposentou há pouco tempo, nasceu na Argentina e lá despontou no River Plate. Contudo, D’Ale atuou no Brasil por muitos anos e construiu uma linda história no Internacional, ganhando títulos e idolatria.

No Beira-Rio, o hermano ganhou Libertadores, Sul-Americana e vários Estaduais, mas não a Copa do Brasil. Ficou devendo, torcedor?

6. Daniel Alves

Dani Alves Raí São Paulo Futebol Mundial Copa Brasil Bahia
Daniel Alves é o maior campeão da história do futebol, mas não tem o título da Copa do Brasil na conta. / Pool/GettyImages

Daniel Alves é simplesmente o maior vencedor da história do futebol mundial, com mais de quarenta títulos conquistados. O multicampeão, porém, jamais ergueu o troféu da já clichê competição mais democrática do Brasil. Até o momento, o lateral levantou apenas duas taças no solo nacional, uma com o Bahia e outra com o São Paulo: a Copa do Nordeste e o Paulistão.

7. Juninho Pernambucano

Juninho Pernanbucano Vasco
Juninho Pernambucano é um dos maiores ídolos do Vasco. / Buda Mendes/GettyImages

Juninho Pernambucano marcou época no futebol do Brasil e do exterior entre os anos 1990 e parte dos anos 2000. Neste período, o meio-campista explodiu no Sport, participou de era gloriosa no Vasco, vencendo inúmeros títulos, e ainda construiu uma baita carreira no Velho Continente e no Lyon.

O Reizinho da Colina, que conquistou até a Glória Eterna, não teve a honra de vencer a Copa do Brasil.

facebooktwitterreddit