7 confrontos históricos entre Juventus e Barcelona

Oct 28, 2020, 11:52 AM GMT-3
facebooktwitterreddit

Clubes muito tradicionais, vitoriosos e donos de torcidas gigantescas espalhadas pelos quatro cantos do globo, Juventus e Barcelona se encontrarão pela fase de grupos da Champions League pela primeira vez na história da competição.

Entre décadas e mais décadas de protagonismo, a potência de Turim e o gigante da Catalunha estiveram frente a frente em algumas fases decisivas de competições continentais, duelos memoráveis que relembraremos a seguir:

1. Embate pela Copa Latina em 1952

A Copa Latina foi uma competição realizada entre 1949 e 1957, com participação de equipes de Portugal, Espanha, França e Itália, sendo considerada à época como um dos torneios continentais mais relevantes do futebol mundial.

Campeão da edição de 1952 - batendo o Nice por 1 a 0 na grande decisão -, o Barcelona teve que superar a Juventus na semifinal, vencendo o rival italiano por 4 a 2.

2. Capello domina o Barcelona na Fairs Cup (1970/71)

Precursora do que hoje conhecemos como Europa League, a Inter-Cities Fairs Cup, mais conhecida à época como Fairs Cup, foi disputada entre os anos 60 e início dos anos 70. Na verdade, a edição de 1970/71 foi a última da competição, conquistada pelo Leeds United (ING) sobre a Juventus.

Para chegar à decisão, a Velha Senhora deixou o Barcelona pelo caminho, com o artilheiro Fabio Capello dominando a defesa blaugrana.

3. 1986: o primeiro confronto em Champions

Steve Archibald of Barcelona
Steve Archibald of Barcelona | Getty Images/Getty Images

Temos que voltar a março de 1986 para encontrar vestígios do primeiro confronto entre as duas equipes em Champions League. 

Nas semifinais, os catalães venceram em casa (1 a 0) e seguraram o empate por 1 a 1 na Itália, freando o sonho da equipe juventina que tinha Michel Platini como sua grande estrela. Na decisão, o Barcelona seria surpreendido e derrotado nas penalidades para o Steaua Bucaresti, da Romênia.

4. 1991: Stoichkov fere a Juventus

Hristo Stoichkov and Begiristain of Barcelona
Hristo Stoichkov and Begiristain of Barcelona | Clive Brunskill/Getty Images

Em abril de 1991, os dois gigantes europeus se encontram novamente, por mais uma competição já extinta: a Taça das Taças.

Graças a uma dobradinha do atacante búlgaro Stoichkov, os catalães levaram a melhor no jogo de ida por 3 a 1 e seguraram empate por 1 a 1 na volta, avançando na competição. Contudo, assim como na Champions 1985/86, o desfecho seria doloroso para o clube blaugrana: derrota na decisão ante ao Manchester United.

5. 2003: ascensão das lendas Xavi e Buffon

Pavel Nedved of Juventus holds off Gerard Lopez of Barcelona
Pavel Nedved of Juventus holds off Gerard Lopez of Barcelona | Rick Stewart/Getty Images

Nas quartas de final da Champions League de 2003, o Barcelona de um certo Xavi Hernández enfrenta a Juventus de Gianluigi Buffon, 17 anos mais jovem. 

Depois de um empate duplo em 1 a 1, o uruguaio Marcelo Zalayeta redime a Velha Senhora com um gol nos minutos finais da prorrogação, eliminando o clube catalão. A Juventus chegaria à grande final, mas também não sairia com a taça: derrota para o arquirrival Milan.

6. Em 2015, a primeira final: MSN deita e rola

FBL-EUR-C1-JUVENTUS-BARCELONA-FINAL-TROPHY
FBL-EUR-C1-JUVENTUS-BARCELONA-FINAL-TROPHY | LLUIS GENE/Getty Images

Pela primeira vez na história, Barcelona e Juventus decidiriam o título mais importante do continente. Remanescentes de 2003, Xavi e Buffon, citados no item anterior, se reencontram já como lendas.

Solidificada por sua forte defesa e seu meio-campo muito técnico com Pogba, Pirlo, Vidal e Marchisio, a Juventus deu seu máximo, mas nada seria capaz de frear o letal trio formado por Messi, Suárez e Neymar: vitória do Barcelona por 3 a 1.

7. 2017: desilusão pós-remontada

Gianluigi Buffon
UEFA Champions League 2017-18 - FC Barcelona vs Juventus | Power Sport Images/Getty Images

Em 2017, blaugranas e bianconeros voltam a se encontrar pelas quartas de final da Champions League. O duelo em si não foi emblemático, mas o contexto era especial: o Barcelona vinha da épica remontada sobre o PSG, em que buscou uma desvantagem histórica de 4 a 0 contra, virando para 6 a 1 no Camp Nou.

Muitos imaginavam que aquele enredo apoteótico culminaria em mais uma 'Orelhuda' para os catalães, o que não se confirmou: logo na fase seguinte, a Juventus dominou o Barcelona com um agregado de 3 a 0 na eliminatória, passando à semifinal. Os italianos novamente chegariam a uma final europeia, e mais uma vez perderiam o título, desta vez para o Real Madrid.

facebooktwitterreddit