Futebol brasileiro

7 'coadjuvantes' que foram decisivos nesta rodada do Brasileirão

Bia Palumbo
Michael fez o gol da vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG
Michael fez o gol da vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nada como um dia após o outro. Esta frase pode servir para explicar o momento no clube de alguns jogadores que disputam o Brasileirão, como é o caso de Michael, atacante que deu ao Flamengo a vitória sobre o Atlético-MG, o jogo mais badalado da rodada por envolver clubes que lutam pelo título, neste sábado (30) no Maracanã.

Mas não é só isso. O dia ainda teve mais três jogos, então resolvemos trazer outros nomes que servem para resumir a história deste início da 29ª rodada.

1. Michael

Michael Delgado
Michael marcou 12 gols em 52 jogos pelo Flamengo em 2021 / Wagner Meier/GettyImages

Atacante balançou a rede e com isso Flamengo fez algo que apenas cinco clubes conseguiram - vencer o Atlético-MG. Fortaleza, Ceará, Santos e Atlético-GO também já ganharam do líder, o segundo clube que menos perdeu no campeonato (atrás do Red Bull Bragantino, que acumula quatro derrotas).

2. Madson

Madson
Madson disputou o segundo jogo consecutivo como titular e foi fundamental para Santos afastar-se da zona de rebaixamento / Miguel Schincariol/GettyImages

Autor de um gol e uma assistência diante do Fluminense nesta semana, o defensor de 29 anos novamente balançou a rede para fazer o Santos engatar a segunda vitória seguida, algo inédito desde a chegada do técnico Fábio Carille. No total ele participou de seis dos 26 gols do Peixe no campeonato.

3. Conti e Luiz Otávio

Dupla de zaga do Bahia saiu de campo sem cometer faltas - nem sofrer gols - e ainda ajudou o tricolor comandado por Guto Ferreira a aumentar a invencibilidade no Campeonato Brasileiro para seis partidas.

4. Vinicius Balieiro

Menino da Vila, meio-campista de 22 anos foi acionado por Carille pela segunda vez consecutiva e contribuiu para fazer com que o Santos terminasse o jogo sem sofrer gols, reforçando a marcação, e cometeu apenas duas faltas.

5. Matheus Cavichioli

Matheus Cavichioli
Goleiro chegou ao América-MG em 2020 e tem passagem pela base do Grêmio / Alexandre Schneider/GettyImages

Goleiro do América-MG evitou a derrota do time que vive a melhor fase no campeonato. O Coelho passou 15 rodadas na zona de rebaixamento, mas vem numa curva de ascensão e há oito deixou de frequentar o Z4 e inclusive pode terminar esta rodada entre os 10 primeiro colocados.

6. Gustavo Henrique

Hulk, Gustavo Henrique
Zagueiro ajudou a parar o ataque do líder do campeonato, que marcou 44 gols em 28 jogos / Wagner Meier/GettyImages

Fora do time contra o Athletico-PR, ele formou dupla com Léo Pereira, acertou 90% dos passes que tentou (27, errando apenas três), cometeu duas faltas, mas também participou do setor ofensivo, com duas finalizações, sendo uma no alvo e outra para fora.

facebooktwitterreddit