Consolidado, Pep Guardiola foi o responsável pelo Barcelona investir em vários atletas entre 2008 e 2012, quando era técnico da equipe, sendo o “mandachuva” e aquele que escolhia quem os blaugranos contratariam. Á época, o gênio apontou alguns nomes bastante arriscados, com algumas peças funcionando e outras nem tanto. Confira! Vale destacar que a lista parte do “pior” para o “melhor”.


10. Keirrison (Palmeiras – 14 milhões de euros)

Barcelona's new signing Brazilian Keirri

Supreendentemente, Keirrison chegou ao Barcelona em 2009. O atacante do Palmeiras vinha de boas temporadas no futebol brasileiro e era um dos nomes mais badalados do momento, mas, ainda assim, era visto como uma grande aposta dos espanhóis. Resultado: nenhuma partida disputada com a camisa culé e 14 milhões de euros perdidos, além de salários.


9. Henrique (Palmeiras – 8 milhões de euros)

Barcelona president Joan Laporta (L) pos

Henrique foi outra aposta e erro do Barcelona junto ao Palmeiras. Ele assinou com o clube catalão uma temporada antes do atacante Henrique e não atingiu as expectativas, sendo seguidamente emprestado. Vale destacar que o zagueiro também saiu sem nenhuma partida oficial com o manto do clube no currículo.


8. Dmytro Chygrynskyi (Shakhtar Donetsk – 25 milhões de euros)

Barcelona's Ukrainian defender Dmytro Ch

Indicado, Chygrynskyi despontava bem no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, quando foi contratado pelo Barcelona a pedido de Pep Guardiola. O zagueiro chegou a Catalunha em 2009 por 25 milhões de euros e saiu, um ano depois, por 15 milhões de euros.


7. Aleksandr Hleb (Arsenal – 17 milhões de euros)

Alksander Hleb

Da badalação à frustação. Hleb foi uma das grandes contratações do Barcelona em 2008, sendo bem avaliado e considerado muito “promissor”. Porém, o meia nunca engrenou e deixo o clube sem muito alerda três temporadas depois, com apenas 36 partidas disputadas com o manto culé.


6. Martín Cáceres (Villarreal – 16,5 milhões de euros)

Ersen Martin,Martin Caceres

Cáceres foi contratado pelo Barcelona junto ao Villarreal após ter uma boa passagem pelo Recreativo de Huelva. O Barça pagou 16,5 milhões de euros, em julho de 2009, mas não viu o uruguaio engatar e logo o emprestou para a Juventus. O zagueiro construiu praticamente toda a sua carreira na Itália.


5. Zlatan Ibrahimovic (Inter de Milão – 69,5 milhões de euros)

European champions Barcelona's player Zl

Ibrahimovic é a maior contratação feita por Pep Guardiola, incluindo os seus trabalhos no Barcelona, no Bayern de Munique e agora no Manchester City. O astro sueco chegou com status de um grande reforço, mas pouco fez e ainda tumultuou o ambiente.


4. Maxwell (Inter de Milão – 5 milhões de euros)

Barcelona's defender Scherrer Maxwell at

Maxwell nunca caiu nas graças dos brasileiros e tão pouco na dos espanhóis. O lateral-esquerdo chegou ao Barcelona, vindo da Inter de Milão, em 2009, e apesar de permanecer na equipe até 2012, nunca foi uma unanimidade na equipe espanhola.


3. Seydou Keita (Sevilla – 14 milhões de euros)

Seydou Keita

Destaque do Sevilla, Keita foi uma boa surpresa no Barcelona, sendo o ‘coringa’ de Pep Guardiola. A maior cobrança em sua passagem na Catalunha foi sobre o seu tempo em campo, considerado pouco. Ele deixou a Espanha em 2012 para jogar na China.


2. Dani Alves (Sevilla – 35,5 milhões de euros)

Barcelona's Brazilian Daniel Alves celeb

Absoluto! Daniel Alves foi bem em todos os clubes por onde passou, mas sua “explosão” foi no Barcelona. Em solo catalão, o brasileiro se consolidou como um dos maiores da posição no futebol mundial e dono da função na equipe, sendo um dos gigantes da ala direita da equipe.


1. Gerard Piqué (Manchester United) - 5 milhões de euros

Gerard Pique

Piqué chegou ao Barcelona para ser “mais um”, para compor o sistema defensivo e com condição de “bom reforço”. Contudo, ele rapidamente se firmou na equipe e hoje tem status de lenda catalã. Atualmente, o espanhol é um dos líderes do time e peça-chave do grupo.