​Um dia depois de surgir a informação, ​via GloboEsporte, de que Grêmio e Atlético de Madrid chegaram a um acordo quanto à prorrogação da data do pagamento pelo empréstimo de Caio Henrique, o jornal ​Mundo Deportivo, da Espanha, analisou mais a fundo neste domingo a hipótese surgida nas últimas semanas a respeito de uma eventual volta do atleta ao clube madrilenho.


OLY-FBL-U23-ARG-BRA


Segundo a publicação, o reforço do ​Imortal está perto de conseguir o passaporte europeu, o que significa que ele não ocuparia uma posição extra-comunitária e facilitaria sua absorção no elenco colchonero. Mesmo porque, ainda de acordo com o veículo, o clube vem pensando em trazer um nome na lateral esquerda para dar concorrência a Renan Lodi:


"Caio Henrique, que estreou no time principal do Atlético com Simeone há três temporadas, tem passagens pelas seleções brasileiras de base, e se trata de um jogador muito bem visto em seu país. Tanto que fez parte da lista do técnico André Jardine no time pré-olímpico que conquistou a vaga para os Jogos de Tóquio em 2020. O jogador tem contrato com o Atlético de Madrid até 2021 e uma cláusula de 30 milhões de euros. O atleta sempre reconheceu que seu tempo no Atlético, sob Simeone, fez dele um jogador mais completo", escreveu o portal.


Caio foi o terceiro reforço anunciado pelo Grêmio para 2020 e assinou um contrato de empréstimo por um ano.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.