É verdade que 2019/20 ainda não acabou, mas esta já pode ser considerada uma temporada frustrante para o Arsenal, eliminado precocemente da Liga Europa e sob grandes riscos de ficar de fora da próxima edição da ​Champions. Internamente, o clube londrino já pensa em uma reformulação considerável em seu elenco, ​mirando jovens talentos que se transformem no futuro da equipe em curto/médio prazo.


Mapeando o mercado em busca de nomes promissores, os ​Gunners acompanham atentamente os passos de uma dupla de jovens irmãos em ação no futebol italiano: Hamed e Amad Traoré, jogadores marfinenses de 20 e 17 anos, respectivamenteO primeiro deles é um habilidoso meia-atacante que atua no Sassuolo, emprestado pelo Empoli. Já o segundo é um ponta veloz, nascido em 2002, e que defende a Atalanta.

Roberto Piccoli,Amad Traore

Apesar da pouca idade e dos holofotes não tão grandes sob os dois jovens talentos, o Arsenal tende a encontrar dificuldades se quiser formalizar seu interesse na dupla. Isso porque Hamed está apenas na metade de seu empréstimo de dois anos ao Sassuolo, que fechou contrato com opção de compra firmado. Outro agravante na situação envolvendo o meia-atacante é que a Juventus também monitora o seu futebol, ou seja, concorrência para os Gunners. Amad, por sua vez, é tratado em Bérgamo como uma das joias mais empolgantes e promissoras da ​Atalanta, que tem por tradição prestigiar os jovens de sua base.