O Vasco da Gama dará prosseguimento às obras de seu Centro de Treinamento, situado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, mesmo em meio ao surto de ​coronavírus no Rio de Janeiro. A decisão, no entanto, só aconteceu após uma conversa entre representantes do clube e líderes comunitários das regiões próximas ao local.


Como destaca o ​UOL Esportes, o clube assegurou estar tomando as medidas preventivas necessárias para amenizar o risco de contágio, diminuindo o efetivo na obra e restringindo a circulação de pessoas por lá. Quem explica o cenário é o vice-presidente de obras, engenharia e patrimônio do ​Vasco, Pedro Seixas.

"Estamos próximo a uma comunidade que, assim como outras, está preocupada. Famílias vivem na região, muitas em situações precárias, e essa preocupação é normal. Então, conversamos com eles, explicamos os cuidados que estamos tomando e firmamos um compromisso. Ressaltamos que vamos procurar manter um limite de efetivo para que não haja contatos mais próximos. Isso foi compreendido e conseguimos seguir", afirmou.


Crédito da foto de cobertura: Rafael Ribeiro/Vasco