Nesta quarta-feira, o ​Atlético-MG completa 112 anos de fundação. Sem poder fazer grandes comemorações, primeiro por conta do atual momento do time e, principalmente, devido a recomendação das pessoas ficarem em suas residências, os torcedores se apegam na reconstrução do time, com as chegadas de Sampaoli e Alexandre Mattos para que, assim, o clube volte a encontrar o caminho dos títulos. As informações são do​ Superesportes.


FBL-BRA-MINEIRO-TRAINING-SAMPAOLI

Na temporada 2020 o Galo já acumula algumas decepções: eliminação na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Porém há males que vem para o bem. Foi a partir disso que a diretoria decidiu fazer uma limpa e mudar praticamente toda sua gestão. Primeiro com as saídas de Rui Costa da diretoria de futebol; Marques, da gerência de futebol; e a demissão do técnico Rafael Dudamel, junto com toda sua comissão.


O presidente Sérgio Sette Câmara decidiu arriscar. Trouxe dois dos profissionais mais desejados do futebol brasileiro: o técnico Jorge Sampaoli e o diretor de futebol Alexandre Mattos. É com a chegada deles que o clube deve mudar o patamar. 


A equipe mineira já se movimenta no mercado e, para a temporada, concretizou as contratações do goleiro Rafael, ex-Cruzeiro, do lateral-esquerdo Guilherme Arana, do volante Allan, e as chegadas dos atacantes Jefferson Savarino e Diego Tardelli. A tendência é que surjam o nome de mais um zagueiro, um volante e um atacante. Também não é descartada a chegada de um goleiro. Todos os nomes sugeridos pelo treinador argentino. 


A expectativa é que o Galo Mineiro tente incomodar o Flamengo, favorito ao título do Brasileirão. Ainda é cedo para saber se o time realmente vai encaixar. Enquanto a bola não volta a rolar, diretoria e treinador trabalham nos bastidores para voltarem forte.