​Neste mesmo 24 de março, há exatos quatro anos, o futebol mundial se despedia de Johan Cruyff, um de seus gigantes. O holandês partiu aos 68 anos de idade, vítima de um câncer de pulmão, mas não sem deixar uma herança imensurável e atemporal: suas ideias. Artilharias, recordes e taças são feitos importantes que estarão registrados nos livros e demais arquivos, mas revolucionar paradigmas é um legado raríssimo. E Cruyff foi o maior de todos nisso: sua obsessão por estar no topo e fazer as coisas sempre em altíssimo nível mudou os rumos desse esporte que amamos

Dutch midfielder Johann Cruyff dribbles

Cruyff pôde se orgulhar de ter sido gigante em tudo que se propôs a fazer: brilhante como jogador, conquistou três taças continentais (​Champions) pelo Ajax, somou incontáveis títulos nacionais e foi eleito melhor do mundo em três ocasiões. Mas o gênio se manifestaria em sua 'completude' na área técnica. Pioneiro e revolucionário, fez do 'futebol total' da Holanda de 1974 uma prática comum em suas equipes, Ajax e Barcelona, encantando o mundo pelo princípio tático de envolver todos os atletas em todas as fases do jogo. As constantes trocas de posições, mobilidade e verticalidade enlouqueciam defesas rivais e consolidaram uma filosofia de futebol que hoje inspira muitos profissionais da bola, como ​Guardiola e Erik ten Hag.


Pep Guardiola


O espírito visionário de Johan Cruyff não se restringia apenas às quatro linhas: para construir um time profissional consciente taticamente, era preciso implantar aquele DNA na raiz, nas origens. Assim nasceu La Masia, as canteras do Barcelona, que até hoje revelam grandes craques do futebol mundial. ​Lionel Messi é o exemplo contemporâneo mais bem-sucedido desta estrutura, pensada e implementada pelo holandês. 


Cruyff mudou tudo no campo das ideias e das estruturas do futebol, fazendo de seus clubes e de sua filosofia, modelos a serem seguidos/reproduzidos. E são até hoje, décadas depois do holandês ter se aposentado oficialmente da carreira de técnico, o que só escancara o seu tamanho para o futebol e para o esporte como um todo

Johan Cruyff of Barcelona