Nos últimos anos, o Real Madrid tem feito apostas em jovens e promissores jogadores brasileiros na tentativa de fazê-los crescer ainda mais. Foi assim com Vinicius Junior, Rodrygo e, por último, Reinier. Pois não faz​ muito tempo que se falou da possibilidade de o clube merengue contratar Diogo Vitor, considerado uma revelação das categorias de base do Santos. Porém, os acontecimentos recentes o afastam do Santiago Bernabéu e ganham repercussão na Espanha.



Apelidado de "novo Neymar", o atacante deve ser mandado embora por justa causa nos próximos dias. Ele não aparece para treinar desde janeiro e não responde as tentativas de contato da direção. E esse é apenas mais um capítulo de sua triste trajetória. "O Santos prevê anunciar sua demissão nos próximos dias. Trata-se de um novo exemplo de trem que passa apenas uma vez na vida e, se você não o pega, pode se arrepender todos os dias", diz o texto do ​Culé Mania. Segundo o portal, trata-se de um jogador que "esteve perto de convencer a equipe merengue, não o fez e em poucos anos caiu no esquecimento".



Desde que surgiu para o futebol com um golaço feito do meio de campo ainda nas categorias de base, Diogo Vitor não conseguiu sustentar a fama. Se envolveu em acidente de trânsito, foi pego no exame antidoping por uso de cocaína e, em uma derradeira chance por parte do Peixe, voltou a treinar com o time B até, mais uma vez, desaparecer. Sim, um sumiço não é novidade para o jogador que está com 23 anos. O ​Be Soccer, através de um vídeo, relembrou a estreia do atacante. "Diogo Vitor é uma nova esperança do Santos. Com uma técnica que garantiu a ele o apelido de novo Neymar, o emergente talento debutou com a equipe principal em uma partida contra o Botafogo", destaca o texto. Porém, o que realmente fica do momento é o fato de que mais uma estrela não consegue lidar com a possibilidade do sucesso profissional.


Para mais notícias do Santos, clique ​aqui.


Foto: Ivan Storti / Santos / Divulgação