​As paralisações no mundo do futebol também serve para que, atletas que se recuperam de lesão, possam fazer tratamentos mais específicos e individuais. Para o goleiro Santos, do ​Athletico-PR, existe uma motivação a mais para estar bem quando os jogos voltarem.


Convocado duas vezes para a Seleção Brasileira, o arqueiro de 30 anos quer reconquistar seu espaço na amarelinha. Se recuperando de uma lesão no joelho, justamente quando vinha na sua melhor fase, ele revela seu desejo de retornar para a canarinho. As informações são do ​Globo Esporte:


FBL-LIBERTADORES-BOCA-PARANAENSE

"Preciso voltar e voltar bem. E, na Seleção, a gente com certeza tem o desejo de estar voltando lá e brigando por um espaço. Então, vamos continuar no nosso trabalho, no nosso empenho. Se for da vontade de Deus, se for da vontade do professor Tite, a gente vai voltar lá, fazer um ótimo trabalho e contribuir para o processo", disse Santos, via assessoria de imprensa.


Nas duas ocasiões que foi convocado, para amistosos contra Senegal e Nigéria, e a outra para as partidas contra a Argentina e Coreia do Sul, ficou no banco de reservas. Seu primeiro objetivo é estrear pela seleção"Espero retornar em excelente forma para que eu possa ter possibilidade de ser convocado mais uma vez, de estar brigando pelo meu espaço".


A expectativa é que Santos esteja disponível para treinos em abril, caso o surto de coronavírus passe. Devido a contusão, não pôde jogar as duas primeiras partidas do Furacão na Libertadores. 


"Ficar fora nesses momentos é difícil, é um momento importante que o clube está vivendo. O clube vem em uma crescente muito boa. Ficar de fora é difícil, mas a gente sabe da necessidade de fazer uma ótima recuperação para que, quando voltar, a gente esteja 100% e possa dar sequência à caminhada. O mais importante é recuperar", concluiu o goleiro.