​O futebol mundial vive um momento incomum. Com as competições paralisadas praticamente em todo o planeta, fica o questionamento: esta é a primeira vez que eventos levam à interrupção de disputas? Pois a resposta é "não", e ​90min relembra cinco momentos em que uma partida ou campeonato "ficaram de lado".



Brasil - 2016 - Tragédia da Chape

Gremio v Atletico MG - Copa do Brasil Final 2016

A tragédia com o avião da Chapecoense comoveu o mundo do futebol. Pois, em respeito, a final da Copa do Brasil e a última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano precisaram ser adiadas.



Argentina / Uruguai - 2017 - Discussões contratuais dos atletas

FBL-URU-PENAROL-NACIONALURU

A união dos jogadores provocou greve no futebol dos dois países. Sim, os atletas mostraram a sua força diante de cenários que estavam contra a sua vontade em função de repasses e extensões de contratos relativos aos direitos de transmissão dos campeonatos locais.



Espanha - 2019 - El Clásico e a greve catalã

Dani Carvajal, Lionel Messi

Greves e protestos na Catalunha simplesmente impediram a realização de um clássico que envolve nada menos que dois dos clubes mas poderosos do planeta. Sim, o duelo entre Barcelona e Real Madrid, válido pelo Campeonato Espanhol, precisou ser adiado de outubro para dezembro.



Chile - 2019 - Os protestos do povo nas

CONMEBOL Moves Libertadores Final Match To Lima Due to Social Unrest In Chile

A competição foi encerrada seis rodadas antes do fim por falta de segurança no país, que viveu uma onda gigante de protestos. Com isso, a Universidad Católica foi declarada campeã. Esta situação, inclusive, impediu que a primeira final da Libertadores da América em jogo único fosse realizada em Santiago.



Mundo - 2020

Gremio v Sao Luiz Play the Rio Grande do Sul State Championship With Closed Doors as a Precautionary Measure Against the Coronavirus

A pandemia de coronavírus se espalhou de tal forma que as principais ligas do planeta se encontram paradas. Saúde em primeiro lugar, muito embora alguns não concordem e batam pé em cima da necessidade de a bola seguir rolando.