Com casos confirmados em mais de 2/3 dos países do mundo, o coronavírus (COVID-19) tem mudado as rotinas e dinâmicas ao redor do globo. O futebol, obviamente, não é um caso à parte: entre calendários parados,​ duelos adiados e estádios com portões fechados, há também os primeiros casos suspeitos envolvendo profissionais na bola.


Como noticia o ​UOL Esportes, três membros da comissão técnica do Ajax (HOL) foram orientados pela diretoria do clube para passar uma semana em casa, de 'quarentena', após entrarem em contato com o ex-jogador dinamarquês Thomas Kahlenberg, que testou positivo para coronavírus no início da semana

Dutch Eredivisie"Ajax Amsterdam Training Camp"

O encontro ocorreu no último domingo (1º), durante celebração do aniversário de Christian Poulsen, ex-jogador e atual auxiliar técnico do Ajax. Segundo o comunicado oficial do clube de Amsterdã, os três funcionários "não têm sintomas e podem retomar o trabalho na próxima semana se nada mudar", ou seja, a 'quarentena' trata-se de uma medida preventiva.