​O Cruzeiro viu acontecer uma debandada após o rebaixamento inédito na sua história, que culminou na primeira Série B a ser disputada pela Raposa em 2020. Após cair, o elenco estrelado da equipe mineira se desfez, de forma que muitos atletas pediram rescisão de contrato, foram negociados ou emprestados. Um deles foi o zagueiro Fabrício Bruno, que atuará pelo Bragantino.


Fabricio Bruno,Brayan Angulo

O jogador revelado pelas categorias de base da Raposa falou sobre o processo de saída do ​Cruzeiro em entrevista para a Rádio Jovem Pan, reproduzida pelo site ​Superesportes MG. “Foi uma situação muito difícil se tratando do clube que me revelou, que me apresentou para o futebol nacional. Mas algumas decisões precisam ser tomadas pelo lado profissional, pensando na minha carreira, na minha família", relatou. 


O defensor ainda citou que a decisão tomada por ele lhe causa uma situação de alívio atualmente, mas que em nada mudará seu carinho pelo clube. "Confesso que foi muito difícil, mas hoje me sinto aliviado pela situação que eu me propus. Infelizmente, foi levantada essa questão se eu sou ou não cruzeirense. Quem me conhece sabe que eu sou. São coisas que acontecem de errado que um dia conta chega. Mesmo estando de longe, torço para o sucesso do clube", afirmou.


Atleta saiu em defesa de Thiago Neves


Fabrício também elogiou o meia Thiago Neves, apontado como um dos responsáveis pelo rebaixamento cruzeirense. "Muita gente que critica não sabe de verdade a pessoa que é o Thiago. Muita gente critica porque ele foi do céu ao inferno em questão de segundos. Thiago é meu amigo pessoal, conheço a índole, sei que ele é do bem. Enfim, vários jogadores não tiveram um bom momento. Depois de tudo que aconteceu, liguei para ele e falei que ele não é essa pessoa ruim que todo mundo pensa", concluiu.