Nesta quinta-feira (20), o ​Botafogo avançou em conversas com o meio-campista Yaya Touré. Porém, o marfinense de 36 anos pediu um dia a mais para resolver duas “questões” antes responder ao clube.


De acordo com o ​Jornal O Globo, o membro do comitê gestor de futebol do clube, Carlos Augusto Montenegro, que trata da negociação, conversou por telefone com um representante do jogador.


O experiente meia pediu tempo para: falar com a família sobre a possibilidade de vir para o Brasil e também para conhecer melhor o sistema tributário do país – Touré pretende fazer a relação do sistema de impostos com seus rendimentos.

Keisuke Honda,Yaya Toure

Em reunião, o marfinense elogiou a mobilização da torcida do Botafogo e valorizou conversa com o recém-chegado treinado Paulo Autuori. Em coletiva após classificação na Copa do Brasil, o técnico deu maiores detalhes sobre o que falou ao jogador.


“O papo foi reto, quis mostrar a realidade do Brasil como país, a do Rio como cidade. O ridículo calendário brasileiro que temos, e como o jogador às vezes não consegue se preparar corretamente. Mostrei a situação real. Porque amanhã ou depois, se concretiza, ele sente que nós não falamos a verdade”, declarou.

Yaya Touré tem uma carreira vitoriosa, com grandes passagens por Barcelona e Manchester City. Atualmente, o meia está livre no mercado e o seu último clube foi o Qingdao Huanghai, da China. Sem clube, o jogador chegaria sem custos e a parte de condicionamento físico não preocupa o Botafogo.

Yaya Toure

A negociação é relativamente de baixo custo, considerando que o Glorioso não pagaria pelo passe do meia. Entretanto, o clube não tem os valores iniciais – da comissão do empresário de Yaya Touré – para arcar com a negociação e precisaria da colaboração do youtuber Felipe Neto e do comediante Marcelo Adnet.


O contrato oferecido ao meia tem base na performance e participação em possíveis patrocínios e vendas de produtos relacionados ao atleta. Yaya Touré faz parte dos planos do Botafogo para um projeto de arrecadação e aumento das receitas do clube.