Carlos Eduardo, de 30 anos, virou um grande ídolo no Al Hilal, da Arábia Saudita. O jogador é a referência técnica no meio de campo do clube e se tornou um dos jogadores mais idolatrados pelos torcedores. Contra o Flamengo, pela semifinal do Mundial Interclubes, o atleta teve um ótimo desempenho e foi um dos jogadores mais elogiados daquela partida. A sua técnica apurada chamou atenção do Grêmio, que vem mostrando interesse desde o final de 2019.


CR Flamengo v Al Hilal FC - FIFA Club World Cup Qatar 2019

De acordo com o portal ​Lancenet, vários clubes, incluindo o ​Tricolor Gaúcho, fizeram propostas para contratar o meio-campista. No entanto, o atleta preferiu ficar por mais seis meses na Arábia e, assim, decidir sobre o seu futuro. O jogador quer cumprir o vínculo com o Al Hilal até o final por gratidão e todo o carinho que os torcedores demonstraram pelo seu futebol desde que ele chegou ao clube. Em entrevista ao site, o empresário do atleta, Marcelo Pinheiro, revelou que uma reunião será feita para decidir o destino do meia.


Estou programando uma viagem para a Arábia Saudita nos próximos dias para ver o Carlos e conversarmos melhor pessoalmente. Vamos sentar e colocar as propostas na mesa para definirmos juntos. Eu, ele e a família dele. Não é uma decisão só minha, tem muitas pessoas envolvidas, estamos analisando tudo com muita calma”, explicou.


O agente confirmou a informação que Carlos Eduardo ficará no time Árabe até o meio do ano.



Estávamos conversando com alguns clubes da Ásia e dois em específico do Brasil até semana passada, mas tive uma conversa por telefone com o Carlos no final de semana e decidimos mantê-lo na Arábia Saudita. Descartamos até as investidas dos clubes dos Emirados Árabes que recebemos, como a do Al Ain. O Carlos está há muitos anos por lá (Arábia Saudita) e está adaptado ao país e à cultura. Ele quer ficar na Arábia Saudita. Não é o momento de novas investidas, a nosso ver”, completou