As especulações do mercado da bola seguem a todo vapor neste início de temporada. Assim como acontece em praticamente todos períodos de transferências, muitos nomes são apontados como possíveis reforços dos clubes brasileiros. No Vasco, a realidade não é diferente e a diretoria trabalha para qualificar o grupo de trabalho do técnico Abel Braga para a sequência de 2020.


Mesmo se encontrando em uma situação financeira desfavorável, o Gigante da Colina tem sido alvo de muitos representantes e empresários. De acordo com publicação do ​site Globoesporte.com, 16 jogadores já foram oferecidos ao clube. No entanto, após avaliação, a diretoria optou não avançar nas tratativas. Até o momento, o Vasco contratou apenas o centroavante Germán Cano, garantindo ainda as renovações de Fredy Guarín e Fellipe Bastos.

FBL-SUDAMERICANA-VASCO-ORIENTE

O clube demonstrou interesse em permanecer com o volante Richard, que acabou retornando para o Corinthians, e o atacante Rossi, que teve o Bahia como destino. As conversas com os laterais Uendel e Buffarini e o volante Jucilei não avançaram, enquanto a situação do zagueiro Dedé segue indefinida. A diretoria está de olho nas carências do grupo e analisa reforços para até quatro posições, zagueiro, lateral, meia e atacante.


David Odonkor,Felipe Santana

Para o miolo de zaga, Ramon, ex-Vitória e que não permaneceu no Cruzeiro, e Felipe Santana (foto), ambos sem clube, foram analisados. Na lateral, Ivan Pillud, do Racing-ARG, Ángelo Preciado, do Independiente del Valle-EQU, e Moisés, que deixou o Botafogo rumo ao Inter, passaram por avaliação. Entre os volantes, os nomes especulados foram Ralf, ex-Corinthians, e Michel, que está no Fortaleza após sair do Grêmio.


Ignacio Malcorra

A maioria dos jogadores oferecidos foram para o setor de meio de campo, sendo o último deles Mattheus Oliveira, do Sporting. Além do filho do ex-atleta Bebeto, o Vasco foi procurado por representes de outros seis jogadores: Martín Benitez (foto principal), do Independiente-ARG, Nicolás Oroz, do Racing-ARG, Patrick Veira, do Najran SC (Arábia Saudita), Ignácio Malcorra (foto), do Pumas-MEX, Andy Polar, do Binacional-PER, e Matheusinho, do América-MG.


Nicolas Blandi

Por fim, Kevin Quevedo, do Alianza Lima-PER, e Nicolás Blandi (foto), do San Lorenzo-ARG, foram especulado para o ataque. A folha salarial do Vasco gira na casa de R$ 3,7 milhões e a intenção é que o valor não supere R$ 4,3 milhões. "Sabemos que não podemos errar. Isso é muito ruim. Você tem que pensar muito, pegar informações, são tantas coisas para analisar, saber se o cara tem característica para fazer o que você quer. Mas aqui tem uma base salarial e temos o cuidado de não errar", reconhece o técnico Abel Braga.