Martin Braithwaite está muito próximo de se tornar jogador do Barcelona em uma transferência um tanto quanto inusitada. O time da Catalunha, que está disposto a pagar R$ 83 milhões pelo atacante do Leganés, ​recebeu a permissão da Real Federação Espanhola para contratar um atleta fora do período normal de janela após perder Luis Suárez e Ousman Dembélé por lesão. Só que o maior prejudicado, ao que tudo indica, será o atual clube do atleta dinamarquês.


Luis Suarez


O Barça, incapaz de preencher anteriormente o vazio deixado pelas suas estrelas, ganhou 15 dias para recrutar um reforço, desde que venha de dentro da Espanha ou de graça. E, pagando a multa de 18 milhões de euros, deixará o Leganés de mãos atadas. Do ponto de vista de Braithwaite, é fácil entender o desejo de vestir a camisa blaugrana, afinal, dificilmente ganhará uma nova chance igual. O que fica, porém, é a imagem de que o atual campeão do país está sendo favorecido, com a federação deixando claro quem é importante para ela e quem ocupa um papel secundário no futebol do país.


CD Leganes v RCD Espanyol  - La Liga


O atacante marcou um terço de todos os gols do seu time, que está na zona de rebaixamento de La Liga, na atual temporada. Porém, é fato que, logo ali adiante, o Barcelona deverá investir em Neymar ou Lautaro Martínez, deixando Braithwaite em segundo plano. Ou seja, o gigante, com esta contratação, estará preenchendo um buraco momentâneo e colocando o rival, que já havia vendido Youssef En-Nesyri para o Sevilla no início do ano, em uma pior. Mas a pergunta é: quem se preocupa com o Leganés diante da necessidade do Barça?