Uma das 'novelas' de mercado mais longas deste início de temporada parece caminhar para seus capítulos finais. Na manhã desta terça-feira (18), a Rádio Itatiaia noticiou que a Justiça do Trabalho concedeu liminar favorável ao atacante Fred, acatando o pedido de rescisão indireta do vínculo empregatício por conta de dívidas em aberto (salários, FGTS e férias).


A informação foi confirmada pelo ​Superesportes, através de contato direto com o advogado do camisa 9, José Eduardo de Resende"Agora, ele está livre para outros clubes. O próximo passo é audiência que foi remarcada. Vamos fazer uma emenda na petição inicial, algumas questões de valores serão esclarecidas. O relacionamento com o Cruzeiro é bom, pelo menos da parte do Fred. A gente quer negociar com o clube, inclusive havia sido feito acordo para liberação do jogador, mas depois houve orientação no sentido diferente, por causa disso tivemos que insistir na ação judicial", afirmou.

Fred

Ainda há possibilidade do clube mineiro tentar barrar a liminar, mas o advogado do atleta não crê neste cenário: "Para o Cruzeiro, essa liberação é positiva também. Quanto mais tempo ele fica vinculado ao clube, mais aumenta o passivo", concluiu.


Quem acompanha o caso atentamente é a diretoria do ​Fluminense, que já externou o desejo do clube em repatriar o ídolo para 2020. A única pendência para a negociação entre o Tricolor e o atleta era justamente seu vínculo contratual ativo