Por incrível que pareça, a novela do atacante Rony ainda não acabou. No começo da semana passada, tudo levava a crer que o jogador assinaria uma renovação contratual com o Athletico-PR. No entanto, a diretoria do Furacão não cumpriu o que estava combinado verbalmente e o acordo foi oficialmente desfeito. Agora, a chance de o atleta sair aumentou bastante e o Palmeiras entrou novamente na jogada.


Rony

Na noite desta segunda-feira (17), o presidente palmeirense, ​Maurício Galiotte, concedeu entrevista para um jornalista dos canais ​Fox Sports, e abriu o jogo sobre a eventual chegada do atacante. De acordo com o mandatário, as tratativas podem voltar a “esquentar” se os dirigentes do clube paranaense entrarem em um acordo com os agentes do jogador.


O Rony tem um tema que, primeiro cabe ao empresário do atleta, o atleta, e o Athletico-PR. Essa é uma decisão que eles têm que tomar. Quando isso for decidido, a gente pode voltar a falar do assunto. Mas, antes que o assunto entre o Athletico-PR e os agentes não sejam resolvidos, nós não temos o que falar. (Na última conversa com o empresário do Rony) existe uma situação que tem que ser tratada entre ele e o clube”, explicou o dirigente.


Galiotte também disse que as cifras oferecidas foram aceitas pelo Rubro-Negro paranaense no início das conversas.



Enquanto essa decisão não for tomada, ele é atleta do clube. O valor (que o Athletico-PR falou que poderia negociar) a gente ofereceu. Exatamente isso. Desde o primeiro momento. O Palmeiras acompanha o mercado de uma maneira geral, esse é um dos casos que a gente monitora, que a gente acompanha, como outros também. Então, surgindo oportunidade de mercado, o Palmeiras vai fazer o negócio. Nós estamos atuando em várias frentes, assim que a gente tiver uma novidade oficial, a gente passa para vocês. Por enquanto, estamos trabalhando internamente”, encerrou.