Os torcedores do Corinthians estão bastante decepcionados com a eliminação na Pré-Libertadores. O time até lutou, conseguiu abrir 2 a 0, mas em uma falta inexistente assinalada para o adversário, Cássio não conseguiu defender o potente chute e o Guaraní, do Paraguai, se classificou. Os corintianos reclamaram bastante do árbitro argentino Néstor Pitana e Tiago Nunes disse que os erros contra o Timão foram determinantes.


Henrique,Marcos Rocha

Os dirigentes alvinegros tentam esquecer a queda na Libertadores e querem uma resposta da equipe nos outros campeonatos da temporada. Neste momento, não há nenhuma iniciativa para a demissão do comandante e, de acordo com a alta cúpula do clube, o trabalho com o treinador será mantido sem nenhuma turbulência. Para abafar a dor da eliminação, diretores estão acertando detalhes para contratar mais um reforço.


O jornalista ​Jorge Nicola, da ESPN, conversou com um dirigente, que faz parte da pasta do futebol corintiano, e o cartola cravou a chegada do meio-campista Éderson: “Ele vai vir”. O jogador rescindiu contrato com o Cruzeiro após determinação e está livre no mercado. Bahia e Botafogo são outros interessados no atleta, mas o ​Timão parece ser o clube mais próximo de anunciá-lo.


Com 20 anos, o meia terminou o alto em alta, apesar do péssimo momento vivido pela Raposa na época. Abel Braga, então treinador do celeste, colocou o jogador como titular absoluto e a joia conseguiu ter um ótimo desempenho no time principal. Alegando atrasos nos salários e direitos de imagens, o jovem estava descontente no clube mineiro e preferiu buscar um novo rumo na carreira.