​O ​Internacional segue se movimentando no mercado de transferências. A diretoria, inclusive, já informou que com as dispensas e saídas ocorridas após o final da temporada de 2019, a economia mensal nos cofres do Colorado será maior do que R$ 4 milhões. Jogadores como Rafael Sobis, Rithely, Bruno Silva, Trellez e Guilherme Parede puxaram a lista daqueles que não permaneceram no Beira-Rio.


FBL-BRAZIL-INTER-PARANAENSE

Próximo da estreia na Libertadores da América que ocorrerá na próxima terça-feira (4), contra a Universidad de Chile, fora de casa, o Inter deverá se desfazer de mais um jogador. Segundo a informação do site ​Globoesporte, o Colorado libertou o atacante Wellington Silva, pois está fora dos planos do técnico Eduardo Coudet. O jogador deverá acertar o seu retorno ao Fluminense, clube onde foi revelado.


Segundo o repórter Raphael Zarko, é desejo do atleta retornar ao Tricolor carioca, e, com o aval da diretoria do Internacional, o Tricolor já negocia direto com o jogador. Mesmo sendo titular na estreia de Eduardo Coudet na vitória contra o Juventude, Wellington Silva não deverá seguir no clube. Algumas lesões atrapalharam a passagem do jogador de 27 anos que marcou apenas três gols com a camisa do Inter.


Desta forma, as opções para o ataque que "Chacho" Coudet terá a partir de agora são: Paolo Guerrero, William Pottker, João Peglow e Netto, além dos meias que estão atuando nesta função, como é o caso de D'Alessandro, Thiago Galhardo e Martín Sarrafiore. O alívio salarial que o Inter terá com a saída de Wellington Silva possibilitará que a direção negocie a chegada de mais um atacante para o grupo.