Em fase de reformulação das categorias de base, o ​Santos encontrou diversos jogadores acima dos 14 anos de idade sem contrato de formação. Assim, os jovens não possuíam vínculo esportivo com o alvinegro praiano e estavam livres para assinar com qualquer outro clube sem custos.


Rodrygo

De acordo com o ​UOL Esporte, a diretoria santista intensificou os trabalhos para assinar com todos os atletas, no entanto, deve perder duas revelações do Sub-15: o meio-campista Bernardo e o volante Paulo Júnior. A insatisfação com a forma que o clube tratou os jogadores seria o motivo do interesse em mudar de ares.


Os Meninos da Vila não gostaram do tratamento do Santos na última temporada. Em 2019, as promessas passaram a maior parte do tempo no futsal e não foram contactadas pela diretoria para renovação de contrato. Os garotos não se reapresentaram neste ano e devem reforçar rivais do Peixe.


O meia Bernardo deve acertar com o ​São Paulo. Já o volante Paulo Júnior tem acordo encaminhado com o ​Atlético-MG.