Fim das ‘novelas’! ​Flamengo e Internazionale movimentaram os noticiários esportivos nas últimas semanas, mas tudo foi resolvido nesta quarta-feira (28), com a confirmação Rubro-Negra do ​atacante Gabriel Barbosa e do anuncio Nerazzurro do meio-campista Christian Eriksen. A negociação em si não tem relação alguma, mas o dinheiro envolvido tem.

Gabriel Barbosa

De acordo com o jornalista PVC, do ​UOL Esporte, o Mais Querido vai pagar aproximadamente 17 milhões de euros (cerca de R$78,7 milhões) por 90% dos direitos econômicos do camisa 9 e cinco anos de contrato. A transação é a maior da história do futebol brasileiro.


Por sua vez, a Inter de Milão anunciou o meio-campista Eriksen, do Tottenham, da Inglaterra. Isso tudo logo em sequência. O dinamarquês assinou até junho de 2024 e, segundo a imprensa italiana, custou algo em torno de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 92,5 milhões). O meia de 27 anos era um sonho antigo da diretoria do clube.


Christian Eriksen

A negociação dos dois atletas não teve relação direta, mas o acerto de uma ‘facilitou’ o acordo da outra. A Inter esticou a corda o máximo que pôde para vender a maior porcentagem possível dos direitos de Gabigol e assim financiar a operação com o meia dos Spurs.



Inicialmente, a transação é boa para ambos os clubes, no entanto, o tempo vai mostrar quem teve o melhor “custo-benefício”. Gabriel Barbosa teve uma temporada espetacular no futebol brasileiro e não despertou os olhares dos grandes da Europa, melhor para Flamengo. Eriksen caiu de rendimento, foi oferecido ao Real Madrid, mas o negócio não evoluiu, bom para a Inter, que aproveitou o dinheiro que entrou dos brasileiros para negociar com os ingleses.