​Tentando montar uma equipe mais leve/veloz aos moldes de seu prolífico ​Athletico de 2018/19, Tiago Nunes, assim que chegou ao Corinthians, não se intimidou em colocar veteranos prestigiados do elenco na lista de negociáveis. O primeiro a deixar o ​Timão foi Ralf, volante idolatrado pela torcida alvinegra. A despedida também deve ser o caminho de Jadson, contudo, a situação do armador é um pouco mais complexa.

​​Como destaca o ​UOL Esportes, o camisa 10 tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2020 e dificilmente entrará em acordo com o clube para uma rescisão amigável, como aconteceu com o Ralf. O plano da diretoria alvinegra, portanto, é emprestar o meia para outro clube durante a temporada, aceitando até dividir os vencimentos de Jadson neste arranjo. O que dificulta a situação do Timão é a falta de interessados em contratar o jogador de 36 anos, cenário que emperra a definição de seu futuro no Parque São Jorge.

FBL-BRAZIL-CORINTHIANS-CRUZEIRO