​Na contramão da reivindicação de diversos clubes sul-americanos - contrários ao excesso de 'benesses' destinadas aos patrocinadores da competição -, a Conmebol estabeleceu que, em 2020, parceiros terão direito a uma fatia ainda maior de ingressos para a ​Copa Libertadores.

​​De acordo com apuração do ​Blog do Marcel Rizzo, clubes terão que destinar 650 ingressos nos 'melhores setores do estádio' para patrocinadores e parceiros da entidade, durante toda a competição até às semifinais, já que a grande decisão prevê um esquema diferente de comercialização/logística. Este número representa um aumento considerável em comparação à 2019, quando a regra previa 550 entradas disponibilizadas para estas áreasHouve um aumento também na cota destinada às áreas VIPs (camarotes): de 40 em 2019 para 50 nesta edição atual, da primeira fase às semifinais.


A justificativa da entidade para a fatia maior aos patrocinadores está no aumento de parceiros atraídos pela competição nos últimos anos, ou seja, a demanda naturalmente seria maior em algum momento. Para compensar e 'aliviar' sua imagem junto aos clubes, a Conmebol não promoveu nenhum aumento em sua própria cota para cartolas e autoridades.

Ángel Fernando Costa