​O meio-campista Juan Cazares ficou de fora da lista de relacionados do Atlético-MG para a estreia no Campeonato Mineiro (vitória por 1 a 0 sobre o Uberlândia, fora de casa). Após a partida, o técnico Rafael Dudamel confirmou que a opção se deu pelo fato de estar em curso uma negociação para a saída do meio-campista, que recebeu uma proposta do futebol do exterior - Al-Ain, da Arábia Saudita. O comandante da equipe, inclusive, já pensa em opções para substituí-lo. E o fato de as circunstâncias colocarem o jogador em promoção faz com que o clube tenha que tomar uma decisão importante.




O vínculo do equatoriano, de 27 anos, vai até o final de 2020. Ou seja, a partir da metade da temporada, o profissional já poderá assinar um pré-contrato para deixar Belo Horizonte de graça ao final de seu compromisso. Portanto, a atual janela, na teoria, é a última na qual o clube poderá lucrar com a saída do atleta. Como as equipes que desejam o meia sabem disso, acabam oferecendo um valor bem abaixo daquele que seria considerado o ideal. O time do Oriente Médio, por exemplo, estaria disposto a pagar 2,8 milhões de euros (cerca de R$ 11,7 milhões), de acordo com o informado pelo site ​Superesportes.

FBL-COPA AMERICA-2019-VEN-ARG


Não gosto que me tirem nada de surpresa. Tenho que estar preparado. Abre-se a possibilidade de que Cazares saia. Já temos um plano B, um plano C, um plano D. Temos opções. Mas o importante é que se possa resolver com tranquilidade e se tome a melhor decisão”, disse Dudamel na coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Uberlândia.



Cazares, na teoria, vale muito mais. Trata-se de um jogador que entrou para a história do Atlético-MG ao se tornar o estrangeiro com mais partidas com a camisa alvinegra em todos os tempos. Seus 41 gols também o deixam junto a Lucas Pratto como um dos maiores artilheiros de fora do país. Só que isso, em nada, muda o panorama. O Galo, é verdade, sinalizou a intenção de ampliar o contrato, mas as conversas não avançaram. Assim, um passo se faz necessário: ganhar alguma coisa com um profissional que está valorizado no mercado ou se utilizar de alguém que, a princípio, deseja respirar novos ares por mais um período e ficar sem um dinheiro que, por menor que seja, ajudará nas finanças.


Já conhece a promoção do O Boticário? Clique aqui e confira!