Os jogadores do Santos já estão conseguindo se habituar com estilo de Jesualdo Ferreira. O novo treinador, apesar de jogar ofensivamente, tem conceitos de jogo totalmente diferentes do antigo técnico do ​Peixe, Jorge Sampaoli. Positivamente, o português tem conseguido ganhar a confiança dos atletas com conversas nos treinamentos para tentar explicar o que deseja fazer com a equipe.


Nesses primeiros dias na Vila Belmiro, o comandante já detectou que o elenco está “inchado” em algumas posições e, até por isso, deseja abrir espaço par eventuais novas contratações. Segundo o portal ​UOL Esporte, o técnico quer trabalhar com 21 jogadores nesse primeiro semestre do ano e quatro atletas estão cotados para sair do clube.


Entre os jogadores, Fernando Uribe e Christian Cueva encabeçam a lista de negociáveis do Alvinegro Praiano; Lucas Veríssimo também pode ser vendido, já que tem recebido sondagens do futebol europeus. Para liberar o zagueiro de forma definitiva, o Peixão pede cerca de 10 milhões de euros (R$ 46,1 milhões na cotação atual). Ao programa “Esporte por Esporte”, o presidente santista, José Carlos Peres, explicou como está seguindo o planejamento desde a chegada de Jesualdo.


Estamos diminuindo elenco, ele (Jesualdo) quer trabalhar com 21 jogadores. Sampaoli era entre 26 e 30. É uma grande oportunidade de contar com a base também. Temos cinco ou seis para ele utilizar no Campeonato Paulista. Falamos de tempo para ele se adaptar, não é fácil. Ele foi campeão em três continentes e pode ser no quarto”, disse o mandatário.