Na última década, os quatro grandes times do Rio de Janeiro ganharam o Campeonato Carioca, no mínimo, uma vez. Ou seja, é natural que, quando a bola rola para o Estadual, FlamengoVasco da GamaFluminense e ​Botafogo estejam em evidência - uns mais, outros menos. Em 2020, porém, o cenário é um pouco diferente, muito pelo fato de não se saber como o Rubro-Negro irá encarar a disputa.



GRUPO AGRUPO B​
​Flamengo​Vasco da Gama
​Botafogo​Fluminense
​Bangu​Macaé
​Boavista​Madureira
​Cabofriense​Resende
​Portuguesa​Volta Redonda


A partir deste sábado, com o Fla iniciando a competição com uma formação alternativa e os demais clubes em reformulação, fica quase que inviável fazer qualquer tipo de prognóstico mais precisoPor tudo o que envolve o contexto flamenguista (estrutura, supremacia recente, poderio financeiro, atletas revelados), não será surpresa algum se o time B suplantar os rivais. Mas, por outro lado, nada impede que Abel Braga, no Vasco, Odair Hellmann, no Fluminense, e Alberto Valentim, no Botafogo, possam também aproveitar o torneio para dar um passo à frente, se aproveitando do fato de o grande rival estar com outro foco.


Abel Braga


Por conta da diferença de momento, o troféu do Carioca é secundário para o Flamengo. Para os demais, talvez seja a única chance de erguer um troféu ao longo de 2020, e isso é falado sem nenhum demérito, mas apenas avaliando as dificuldades que cada um encontra para reforçar o plantel e ter uma formação minimamente forte para encarar a grande potência do Brasil no momento. 


Odair Hellmann


Em condições normais de temperatura e pressão, o troféu, provavelmente, iria para a Gávea mais uma vez. Mas como, em 2020, o contexto é um tanto quanto complexo, cravar o campeão se torna bem mais arriscado. 


Alberto Valentim



FÓRMULA


O Campeonato Carioca será disputado por 12 equipes. Elas estão divididas em dois grupos de seis. No primeiro turno, a Taça Guanabara, há o cruzamento das chaves, com os dois primeiros de cada uma avançando para a semifinal e, posteriormente, a final - ambas as fases em jogo único. No segundo turno, a Taça Rio, os clubes se enfrentam dentro dos respectivos grupos, também com semifinal e final em jogo único. Os ganhadores dois dois turnos decidirão o Estadual em jogos de ida e volta. Se um mesmo time ganhar a Taça Guanabara e a Taça Rio será declarado campeão desde que não exista um outro time com mais pontos na classificação geral.