​A temporada 2020 do futebol mineiro é, no mínimo, diferente. Pela primeira vez na história, o Campeonato Mineiro, que se inicia no próximo dia 22, será disputado com apenas o Atlético-MG sendo o representante do Estado na primeira divisão do futebol nacional. E isso, naturalmente, tende a gerar uma inversão de forças em relação em que vinha acontecendo.



​PARTICIPANTESAtlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Boa Esporte, Caldense, Coimbra, Patrocinense, Tombense, Tupynambás, URT, Uberlândia e Villa Nova


FBL-VEN-BOL-FRIENDLY


Nos últimos dois Estaduais, o Cruzeiro deu a volta olímpica. Só que, neste momento, o clube passa pela maior crise institucional de seus 99 anos. Rebaixado à Série B do Brasileirão, onde fará companhia ao América-MG, ainda não conseguiu definir nem quem fica e quem sai da Toca da Raposa, cujo vestiário será comandado por Adilson Batista. Com isso, abre espaço para que o Galo, que inicia um novo momento por conta da contratação do técnico Rafael Dudamel, retome a hegemonia.


Fluminense v Corinthians - Serie A


Obviamente, isso não é uma ciência matemática. Daqui um pouco, o próprio Coelho, que corre por fora depois de não conseguir subir para a Série A, pode surpreender. Mas é fato que, antes de a bola rolar, tudo aponta para um Atlético-MG à frente dos demais concorrentes.



FÓRMULA


O Campeonato Mineiro será disputado por 12 clubes. Em turno único, todos se enfrentam, com os quatro melhores avançando para a fase semifinal (1º contra o 4º e 2 º contra o 3º), que terá jogos de ida e volta. Os classificados deste primeiro mata-mata farão a decisão, também em partidas de ida e volta. OS dois últimos colocados da fase classificatória serão rebaixados.