Neste início de ano, os quatro grandes clubes do Estado de São Paulo estão agitando as movimentações de mercado do ​futebol feminino. Palmeiras e Corinthians já oficializaram nomes importantes para 2020, com destaque para a contratação de ​Andressinha, meio-campista da Seleção Brasileira, pelo Timão. E as transações envolvendo jogadoras selecionáveis devem ganhar mais um reforço em breve, com Cristiane de 'malas prontas' para rumar ao litoral.

Como noticia o ​Globoesporte, a experiente centroavante utilizou suas redes sociais oficiais para confirmar sua despedida do São Paulo, clube pelo qual atuou em 2019. ​​Cristiane fez questão de agradecer os esforços do clube do Morumbi em repatriá-la, já que voltar ao Brasil era um de seus sonhos. O novo destino da camisa 11 ainda não está sacramentado, mas há conversas avançadas para que defenda o ​Santos em 2020.


"Quem acompanhou o futebol feminino em 2019 sabe o quanto este ano foi especial para a modalidade. Ele também trouxe mudanças muito significativas para a minha carreira, as quais grande parte estão relacionadas ao São Paulo FC. Gostaria, então, de começar agradecendo o São Paulo por confiar no meu trabalho e proporcionar meu retorno ao Brasil", publicou.

Cristiane

De acordo com a apuração do ​Blog Dibradoras, a vontade de Cristiane era de permanecer no São Paulo para 2020, no entanto, o clube não teve interesse em renovar seu contrato. As críticas públicas da camisa 11 à estrutura oferecida pelo Tricolor Paulista ao futebol feminino não foram bem digeridas pelos dirigentes tricolores, culminando na 'separação' dos caminhos entre as partes. Ainda de acordo com a fonte citada, não houve sequer uma reunião entre clube e atleta para se debater o futuro, ou seja, a 'ruptura' aconteceu de forma bem rígida.