​Dono da braçadeira de capitão do Paris Saint-Germain nas ausências de Thiago Silva, o zagueiro Marquinhos, de 25 anos, é um dos jogadores mais respeitados pelos torcedores do clube da capital. O prestígio das arquibancadas se repete nos bastidores do clube, e a diretoria parisiense já prepara uma oferta de renovação contratual longa para o brasileiro.

​​Como destaca o ​Globoesporte, o vínculo atual de Marquinhos com o Paris tem validade até julho de 2022, mas sua valorização de mercado e sondagens de gigantes europeus (incluindo o Barcelona) fez com que a diretoria parisiense antecipasse as tratativas. As partes já estão apalavradas e restam apenas detalhes burocráticos para assinatura da nova extensão, que terá validade até meados de 2024.


Contratado pelo Paris em 2013, o zagueiro brasileiro soma 270 partidas, 20 gols anotados e 19 títulos conquistados com a camisa do clube. Internamente, é considerado o 'sucessor natural' de Thiago Silva no aspecto de liderança/influência de vestiário, tendo em vista que o experiente camisa 2 está em seu último ano de contrato e dificilmente renovará

FBL-EUR-C1-PSG-BRUGGE