​O ​Palmeiras segue encaminhando saídas no elenco que disputará as competições em 2020. Visando cortar gastos, o clube deverá reduzir o número de contratações em relação aos anos anteriores e apostar mais nas categorias de base, com nomes como o atacante Gabriel Veron ganhando mais oportunidades com o novo técnico, Vanderlei Luxemburgo. Por conta disso, Victor Luís e Hyoran também não permanecem no clube.


​​

Hyoran

Os dois atletas tinham interesse do Internacional, que deverá oferecer o lateral Zeca ao Verdão e gostaria de receber um ou mais jogadores na troca pelo campeão olímpico ex-Santos. Mas o destino dos jogadores será outro. Conforme informação do repórter ​Luciano Calheiros, do Fox Sports, a dupla será emprestada ao Atlético-MG, faltando apenas detalhes burocráticos para o desfecho do negócio.


Victor Luís foi o reserva de Diogo Barbosa em grande parte da temporada de 2019. Com poucas oportunidades, o jogador não conseguiu engrenar e disputou apenas 19 partidas com a camisa do Palmeiras no último ano, sem marcar gols. Por empréstimo, o lateral também atuou no Botafogo e no Ceará. O contrato do defensor com o Palmeiras vai até o final da temporada de 2022.


Já o meia Hyoran, de 26 anos, foi contratado após destacar-se pela Chapecoense nos anos de 205 e 2016. O atleta foi outro que sofreu com a falta de sequência no Alviverde e não conseguiu demonstrar o seu melhor futebol. Foram apenas sete gols marcados em três temporadas e 56 jogos disputados. Ao contrário de Victor Luís, Hyoran tem contrato apenas até o final de 2020.