​O Internacional trabalha para tentar viabilizar a contratação do atacante Lucas Pratto, que alterna bons e maus momento com a camisa do River Plate, da Argentina. A contratação seria um pedido do treinador Eduardo Coudet, que já enfrentou o atleta quando treinava sua ex-equipe, o Racing. Com um esquema que opta por dois atacantes dentro da área, o argentino poderia ser titular do ​Colorado.


FBL-LIBERTADORES-INTER-RIVER

Segundo o repórter​ Lucas Collar, devido a falta de recursos financeiros para investir em contratações, o Colorado apresentou uma proposta ao River Plate pelo empréstimo de uma temporada de Lucas Pratto. Ao final do vínculo, o passe do atacante estaria fixado em contrato. Porém, os Millonarios fazem jogo duro e só liberam o atleta mediante o pagamento de 4 milhões de dólares (cerca de R$ 16,2 milhões).


As negociações devem seguir, mesmo com a exigência do River. O executivo de futebol do Internacional, Rodrigo Caetano, saiu em viagem ao exterior buscando fechar uma contratação para o clube, porém o destino do dirigente não foi revelado. Outro fator que poderá afastar o clube gaúcho de Lucas Pratto é uma cláusula imposta em contrato pelo São Paulo, antiga equipe do atacante.


Quando fez a venda ao River Plate, o Tricolor paulista definiu em contrato que caso o atacante  de 31 anos voltasse ao futebol brasileiro, deveria receber 2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 8,1 milhões). A informação é do site esportivo argentino ​Ole. Essa cláusula deixaria o Inter ainda mais distante da contratação de Pratto, já que as cifras da negociação aumentariam.