Ao conseguir terminar o Brasileirão 2019 na sexta colocação, o ​São Paulo respirou aliviado e evitou qualquer possibilidade de repetir o enredo do início da temporada, quando deixou de arrecadar receitas importantes com a vexaminosa eliminação para o Talleres (ARG), ainda na segunda fase prévia da ​Libertadores.


Como noticia o ​UOL Esportes, somente a participação do São Paulo na fase de grupos da Libertadores 2020 já garantirá ao clube a quantia de R$ 12 milhões em premiações. Além do montante que toda equipe receberá da Conmebol pela presença nesta fase, o Tricolor ainda projeta uma arrecadação considerável com bilheteria nos três jogos que fará no Morumbi.


A título de comparação, o duelo eliminatório contra o Talleres (ARG) levou 45 mil torcedores são-paulinos ao Morumbi, público que gerou uma renda de pouco mais de R$ 3 milhões. O clube paulista tem direito a 70% da verba arrecadada com bilheteria, ou seja, embolsou algo em torno de R$ 2,1 milhões. Repetindo estes números, serão mais de R$ 18 milhões entrando nos cofres tricolores somente com sua presença na fase de grupos.

FBL-LIBERTADORES-SAOPAULO-TALLERES-TEAM

Diferente do ano passado - quando estabeleceu metas de desempenho bastante ousadas em sua previsão orçamentária para 2019 -, o São Paulo trabalha com projeções mais 'realistas' pensando em 2020: na Libertadores, o clube projetou receitas de uma campanha de oitavas de final de Libertadores.