Oito clubes da Série A sonham em estar pisando no gramado do Maracanã no dia 21 de novembro, data em que será disputada a grande decisão da ​Libertadores 2020. Para chegar lá, é preciso dar o primeiro passo, e ele foi conhecido na noite da última terça (17): via sorteio - você pode conferir detalhes ​aqui -, foram definidos os confrontos das fases prévias e as oito chaves que agitarão a principal competição do continente. Com os primeiros desafios já definidos, chegou a hora de analisar: quem se deu bem e quem lamentou o caminho que as bolinhas do sorteio reservaram? Vamos analisar:


​​Internacional

FBL-BRAZIL-INTER-PARANAENSE

​Colorado estreará em fevereiro, pela segunda fase prévia da competição, mas só conhecerá seu adversário em janeiro do próximo ano: seu rival virá do futebol chileno, mais precisamente de quem vencer o confronto entre Unión Española e Universidad de Chile, partida válida pela semifinal da Copa do Chile. O calendário local foi todo modificado por conta dos problemas político-sociais que o país enfrenta. Caso passe pelo rival chileno, o time gaúcho terá Macará (EQU) ou Tolima (COL) na terceira e última fase prévia. Adentrando a fase de grupos, irá à chave E, que conta com seu arquirrival Grêmio, Universidad Católica e América de Cali. 


Saldo do sorteio: Caminho complicado, com potenciais rivais qualificados (U. de Chile/Tolima) logo nas fases prévias. Chegando ao grupo E, tende a brigar com o Grêmio pela liderança.


Corinthians

Corinthians v Cruzeiro - Brasileirao Series A 2019

Assim como o Inter, o ​Timão também aguarda uma definição para conhecer propriamente seu primeiro adversário na Libertadores. Pela segunda fase prévia, o Alvinegro encara quem vencer do duelo de primeira rodada entre Bolívia 4 (a ser definido) e Guaraní-PAR. Caso avance à 3ª e última fase prévia, terá pela frente Cerro Largo (URU) ou Palestino (CHI). Adentrando a fase de grupos, rumará à chave B, que tem seu arquirrival Palmeiras, Bolívar (BOL) e Tigre (ARG).


Saldo do sorteio: Exceção do Palestino, que é um time organizado, o caminho do Corinthians até a fase de grupos não assusta tanto. Sua potencial chave só tem um grande time, seu rival.


Flamengo

Giorgian De Arrascaeta

Atual campeão, o ​Rubro-Negro foi definido como cabeça-de-chave do grupo A, completado por Independiente del Valle (EQU), Junior Barranquilla (COL) e mais um adversário da terceira fase prévia. O principal candidato a garantir essa vaga é o Cerro Porteño (PAR).


Saldo do sorteio: O Del Valle é o atual campeão da Sul-Americana e o Cerro, se confirmado, é uma força tradicional do continente. Não será uma 'baba', mas o Fla é franco favorito.


Palmeiras

Ze Rafael

Cabeça-de-chave do grupo B, o ​Verdão terá como adversários o Bolívar (BOL) e o Tigre (ARG), além de um adversário que virá da terceira fase prévia. O Corinthians, seu maior rival, é o principal candidato a preencher essa vaga.


Saldo do sorteio: Caso se confirme a classificação do Corinthians, será uma chave com dois favoritos evidentes duelando pela primeira posição. Bolívar e Tigre não devem assustar.


Athletico Paranaense

Bruno Guimaraes,Rony

Por motivos de ranking da Conmebol, o ​Athletico esteve no pote 3 do sorteio e caiu na chave C, que traz o Peñarol (URU) como cabeça-de-chave, Colo-Colo (CHI) e Bolívia 2. Este último rival será conhecido ainda neste mês de dezembro, quando se encerram os torneios no país.


Saldo do sorteio: Duas camisas tradicionais no continente e altitude. Não será uma chave fácil para o Furacão, mas o clube paranaense tem totais condições de avançar ao mata-mata.


São Paulo

Reinaldo,Tche Tche

No pote B, o ​São Paulo acabou caindo na chave D, ao lado de River Plate (ARG), Liga de Quito (EQU) e Deportivo Binacional (PER), clube que fará sua estreia em Libertadores em 2020.


Saldo do sorteio: O Tricolor Paulista foi, sem dúvida, o brasileiro que mais lamentou o sorteio. O River é uma das potências do continente e a LDU joga com a altitude de Quito a seu favor. Precisará se reinventar para não repetir o trágico enredo de 2019.


Grêmio

Palmeiras v Gremio - Brasileirao Series A 2019

​Tricolor Gaúcho caiu como cabeça-de-chave do grupo E, que traz Universidad Católica (CHI), América de Cali (COL) e um adversário que virá da terceira fase prévia. O principal candidato para copar essa vaga é o seu arquirrival Internacional.


Saldo do sorteio: Se o Colorado conquistar a vaga, a chave ganha em emoção. Católica e Cali podem dar mais trabalho que Tigre/Bolívar (chave B). Mas o Grêmio é a grande força da chave.


Santos

Gustavo Henrique

Fechando a presença dos brasileiros na Libertadores, temos o tricampeão Santos. O ​Peixe, por sinal, escapou de uma enrascada ao ser obrigatoriamente direcionado ao grupo G para evitar que Olímpia e Libertad, rivais do Paraguai, ficassem na mesma chave. Caso rumasse ao H, que seria o seu grupo via sorteio, teria o Boca Juniors pela frente. Na chave G, terá Olímpia (PAR), Delfín (EQU) e Defensa y Justicia (ARG) como adversários.


Saldo do sorteio: É o brasileiro com chave mais acessível dentre os oito. O Olímpia é bastante tradicional e será uma competição, mas só.