O diretor-executivo de futebol do​ ​Athletico-PR, Paulo André, trabalha nos bastidores para a chegada de um novo técnico. Rogério Ceni, que era o preferido do clube, renovou seu contrato com o ​Fortaleza até o fim de 2020, frustando os planos do Furacão em ter o ex-goleiro como treinador. 


Cercle Brugge KSV v KSC Lokeren OV - Jupiler Pro League

Diante da recusa de Ceni, o Athletico analisa com carinho o mercado e Domènec Torrent, espanhol e ex-auxiliar de Guardiola, é o principal nome neste momento. Além de um comandante, o Furacão também mira novos reforços para o próximo ano e já sonda alguns atletas. Entre os que interessam, aparece o meia-atacante José Cevallos.


O jogador pertence ao Lokeren, da Bélgica, e está emprestado ao Portimonense, de Portugal, até junho. Além dos paranaenses, o Atlético-MG também tem interesse no jogador de 24 anos. Com as possíveis saída de Yimmi Chará, que negocia com o Internacional, Cazares e Otero, o Galo avalia o mercado e Cevallos é visto como uma boa opção. O Botafogo também é outro que observa.

A informação é da página ​'Rede Ball': "Botafogo, Athletico e Atlético–MG tem interesse na contratação do meia equatoriano José Cevallos, de 24 anos. Pertence ao Lokeren (Bélgica) e está emprestado ao Portimonense (Portugal) até junho", revelou. De acordo com o site Transfermarkt, o equatoriano está avaliado em 1,20 milhões de euros, cerca de 5 milhões de reais na cotação atual.