A negociação já durava desde o término do Campeonato Brasileiro. Pois Luan tem tudo para ser anunciado na semana que vem como o primeiro grande reforço do Corinthians para a próxima temporada. Timão, ​Grêmio e o próprio meia-atacante chegaram a um denominador comum para que a transferência seja selada. E, neste cenário, o desejo do atleta em defender a equipe de seu coração parece ter sido fundamental para o acordo.



No Grêmio, Luan entraria em seu último ano de contrato, podendo sair de graça ao término da temporada. Conforme o acerto feito em 2017 para a sua renovação, ele teria um novo gatilho salarial na virada da temporada, e seu salário chegaria perto de R$ 1 milhão. Para jogar no Corinthians, ele aceitou reduzir seus ganhos para o teto estabelecido no Parque São Jorge, que é de R$ 650 mil. Assim, deve assinar por cinco temporadas e chegará com vencimentos iguais a Cássio, Fagner e Gil, expoentes do elenco. 



Para liberar seu camisa 7, o Tricolor gaúcho receberá cerca de R$ 20 milhões por 50% dos direitos econômicos. Inicialmente, nenhum atleta do elenco paulista irá se transferir para Porto Alegre. Porém, caso isso venha a acontecer, haverá um abatimento do valor a ser pago pelo Timão. Em 293 jogos com a camisa gremista, Luan marcou 77 gols (12º maior artilheiro da história do clube) e deu 60 assistências. Campeão da Copa do Brasil, da Libertadores da América e da Recopa Sul-Americana, além de bicampeão gaúcho, foi escolhido o melhor jogador do continente em 2017.