​O São Paulo avalia que tem um bom elenco para iniciar a temporada de 2020 e, por isso (além do fato de não ter dinheiro para fazer grandes aquisições), planeja investir apenas em reforços pontuais. Assim, jogadores que voltam de empréstimo e têm contrato com o clube podem ser reaproveitados. São os casos, por exemplo, do centroavante Tréllez e do meio-campista Jonatan Gómez.


Trellez


Tréllez passou 2019 inteiro cedido ao Internacional e, em apenas 13 partidas disputadas, não marcou um gol sequer, terminando o ano como uma das contratações mais criticadas. Seu vínculo no Morumbi vai até 31 de dezembro de 2021 e, como possui um salário em carteira considerado dentro dos padrões aceitáveis (R$ 233 mil), o colombiano tende a se reapresentar em janeiro na Barra Funda para, quem sabe, até ocupar a vaga deixada por Raniel, negociado em definitivo com o Santos. Até hoje, em 39 jogos, o gringo balançou as redes seis vezes com a camisa tricolor.


Diego Pituca,Jonatan Gomez


Gómez, por sua vez, está com contrato por se encerrar no meio do próximo ano, mas foi um dos destaques do CSA em 2019. Nas 26 oportunidades em que esteve em campo, anotou cinco gols. Com salário em carteira de R$ 150 mil, possui ofertas de equipes do Brasil, México e Paraguai. É possível, no entanto, que o argentino ganhe mais uma chance no São Paulo.


Para mais notícias do São Paulo, clique aqui.